Política

Regina diz ter orgulho da coragem e da astúcia do povo piauiense

Vice-governadora comemorou os 196 anos da Batalha do Jenipapo
Fonte: Assessoria | Editor: Paulo Pincel 14/03/2019 16:49
Solenidade pelos 196 anos da Batalha do Jenipapo Solenidade pelos 196 anos da Batalha do JenipapoFoto: Francisco Gilásio

A vice-governadora Regina Sousa participou das solenidades em alusão ao dia 13 de março de 1823, data em que as tropas portuguesas e trabalhadores travaram uma batalha sangrenta no município de Campo Maior pela independência do Brasil: a Batalha do Jenipapo, que completou 196 anos em 2019.

A data é lembrada todos os anos pela prefeitura do município e o governo do Estado e disse que sente orgulho dos conterrâneos que com coragem e astúcia enfrentaram as tropas de João José da Cunha Fidié.

As comemorações começaram com uma missa na Catedral de Santo Antonio, celebrada pelo bispo Dom Francisco de Assis Gabriel dos Santos, seguida de culto na Primeira Igreja Batista e encerrou com solenidade no Monumento Heróis do Jenipapo, na BR 343. No local teve desfile cívico-militar, apresentação de peça teatral que destacou os anônimos que lutaram contra as tropas de Fidié e a história da escrava Felicidade que foi morta a espetadas a manda da patroa por ciúmes.

A vice-governadora destacou que é preciso que todos saibam o que ocorreu às margens do rio Jenipapo, principalmente os jovens, pois os livros de história relatam que foi com uma frase que Dom Pedro proclamou a independência do Brasil, mas não contam que em Campo Maior centenas de pessoas perderam a vida lutando por uma vida melhor. “ Eu me orgulho da nossa gente que com coragem e astúcia lutaram contra as tropas portuguesas. E eles devem ser sempre lembrados.”

Regina Sousa representou o governador Wellington Dias na missa e no culto de ação de graças,acompanhada do prefeito de Campo Maior, José Ribamar Carvalho, o Ribinha, que ressaltou que data tem uma grande representatividade no cenário municipal, estadual e nacional. “É necessário relembrar o 1823, ano em que ocorreu a batalha sangrenta em prol da Independência do Brasil, que demonstrou a coragem do campo-maiorense, a fé e a esperança por dias melhores.”
No Monumento Heróis do Jenipapo, governador Wellington Dias visitou os túmulos dos combatentes, condecorou 28 cidadãos com a Medalha do Mérito Renascença do Piauí e o prefeito entregou as 28 Medalhas Heróis do Jenipapo.

Comentários

Apoio: