Municípios

Projeto da UFPI incentiva o aleitamento materno em serviços de saúde públicos e privados de Parnaíba

O leite materno é, sem dúvidas, a base da saúde dos bebês, afinal é na amamentação que a criança encontra os principais nutrientes para o seu desenvolvimento
Fonte: Ascom UFPI | Editor: Da Redação 08/03/2019 16:00
Roda de conversa Roda de conversaFoto: Ascom Ufpi

O projeto de extensão "Promoção e incentivo ao aleitamento materno: compartilhando saberes e práticas", vinculado ao campus Ministro Reis Velloso, visa incentivar o aleitamento materno a partir da construção e da partilha de saberes e práticas entre estudantes, professores, profissionais de saúde, gestantes, mães e familiares da cidade de Parnaíba (PI).

A ideia é realizada tanto por meio de ações educativas, como palestras e rodas de conversas e atividades práticas, direcionadas às gestantes, mães, pais, familiares e acompanhantes, como também em atendimentos no ambulatório de amamentação localizado na Policlínica de Parnaíba, com pacientes acometidas por intercorrências durante o processo de amamentação, como ingurgitamento mamário, mastite, baixa produção de leite, dificuldade de pega do bebê, entre outras.

A coordenadora do Projeto, a Profª Drª Lorena Sousa Soares, enfermeira e professora do curso de Medicina, explica que a iniciativa acontece por meio de parcerias com os hospitais, Unidades Básicas de Saúde e demais serviços. Além disso, ela destaca que o Ambulatório de Amamentação da Policlínica, onde são realizados atendimentos, foi idealizado e implantado em decorrência da demanda que surgiu através desse contato com a comunidade.

Atualmente, o projeto é formado por cerca de 20 pessoas, entre bolsistas, voluntários, nutricionistas e enfermeiros. Outra ação desenvolvida pelo grupo é a confecção de informativos sobre a importância do aleitamento para a distribuição à comunidade em geral.

O projeto possui a função de aproximar a universidade da comunidade através do compartilhamento de saberes e práticas. Para mais detalhes sobre as ações do Projeto de Extensão, os interessados podem acompanhar as redes sociais: no facebook, @aleitamento.prex ou no instagram, através do perfil @aleitamento.materno. Além de outras informações no site oficial da UFPI.

Comentários

Apoio: