Polícia

Preso suspeito de matar gari no Residencial Frei Damião

O homem foi preso com a arma do crime
Fonte: DHPP 12/06/2018 12:11
Júlio César Rodrigues Filho Júlio César Rodrigues FilhoFoto: DHPP

Na manhã desta terça-feira (12), policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra Júlio César Rodrigues Filho, suspeito de matar o gari Manoel Macedo de Sousa Silva após discussão em fevereiro deste ano, em um bar no Residencial Frei Damião, zona Sudeste de Teresina.

Júlio César foi preso no bairro Vila Bandeirante, zona Leste, e estava em posse de um revólver calibre 38 no momento da prisão. Após ser preso, Júlio César confessou ter matado Manoel e disse que a arma apreendida foi a mesma utilizada no crime.

Segundo o delegado Jarbas Lima, no dia do crime Manoel saiu de casa dizendo para a esposa que iria tirar satisfação um homem identificado como Jorge Luís do Nascimento Silva, amigo de Júlio César, por conta de uma rixa entre eles. Ao saber do fato, Jorge contou para Júlio Cesar, que o entregou uma arma calibre 38.

“Chegando ao local, a vítima foi rendida por Jorge, entretanto, Júlio César ao perceber que Jorge estava hesitante, tomou a arma e executou Manoel com três disparos”, disse a DHPP.

Comentários