Cultura

Prefeitura organiza trânsito para realização de procissões

Durante a Semana Santa, os atos religiosos acontecem em vários bairros da cidade
Fonte: PMT | Editor: Redação 28/03/2018 15:35

Por conta da realização de várias atividades relacionadas com o período da Semana Santa, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) fará algumas interdições de vias públicas e ainda o acompanhamento das procissões para garantir a realização dos atos religiosos.

No Centro da cidade vai acontecer na sexta (30), a partir das 15h, a Procissão do Senhor Morto. O cortejo sairá da Igreja Nossa Senhora da Dores, na Praça Saraiva, e percorrerá as Ruas Rui Barbosa, Avenida José dos Santos e Silva, Rua David Caldas, Avenida Antonino Freire, Praça da Liberdade e finaliza com a celebração da missa na Igreja São Benedito.

Na sexta (30), das 19h às 21h, os agentes de trânsito darão apoio na caminhada da Via Sacra da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, que sairá da Paróquia de Fátima, na zona Leste, e percorrerá as Avenidas Elias João Tajra e Ininga, no trecho da Avenida Dom Severino retornando pela Avenida Nossa Senhora de Fátima.

Para a realização das Procissão do Cristo Ressuscitado, no domingo (1), a partir das 14h, os agentes de trânsito também irão interditar e organizar o fluxo de veículos no no trecho entre o Parque Potycabana e a Ponte Estaiada, zona Leste. A concentração será na Potycabana, a partir das 14h, e às 16h, os fiéis sairão em procissão até o estacionamento da Ponte Estaiada, onde vai acontecer, às 18h30, a celebração da Santa Missa. O evento é intitulado “Teresina Ressuscita com Cristo!”.

De acordo com o diretor de operação e fiscalização da Strans, Jaime Oliveira, os agentes de trânsito vão dar o total apoio no decorrer da procissões. “O nosso pessoal vai acompanhar todos os atos religiosos que serão realizados em vários bairros da cidade”, disse.

O diretor reforça que as pessoas que não vão participar das procissões devem evitar circular por essas áreas. “Normalmente, nesse período o fluxo de veículos é menor na cidade, mas de qualquer maneira estamos alertando as pessoas para que evitem circular de veículos pelas ruas onde vão acontecer as procissões”, finalizou.

Comentários