Saúde

População tem acesso a tratamento de câncer de próstata pelo SUS

Tratamento inclui desde quimioterapias, radioterapias e outros procedimentos clínicos e cirúrgicos
Fonte: Prefeitura de Teresina | Editor: Redação 07/11/2017 12:21
Exame de próstata: preconceito atrapalha Exame de próstata: preconceito atrapalhaFoto: Reprodução

O mês de Novembro é conhecido pela campanha de conscientização da população masculina sobre o câncer de próstata. Somente no Piauí, foram investidos mais de quatro milhões de reais em procedimentos relacionados ao problema em 2017, entre quimioterapias, radioterapias e outros procedimentos clínicos e cirúrgicos.

Os recursos são viabilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que em Teresina é administrado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) e estão acessíveis a pacientes de todo o estado. “De janeiro a agosto deste ano, foram realizadas 6.002 quimioterapias, 21.663 radioterapias, 63 procedimentos clínicos e 210 procedimentos cirúrgicos”, informa Vitória Urbano, gestora do SUS no município. Já os custos foram de R$ 4.026.696,14, sendo R$ 835.311 em radioterapias, R$ 2.123.797,10 em quimioterapias, R$ 49.420,20 em outros procedimentos clínicos e R$ 1.018.167,84 em procedimentos cirúrgicos.

Diagnósticos, atendimento e tratamentos de intercorrências nos pacientes oncológicos estão entre os procedimentos clínicos; já os procedimentos cirúrgicos incluem uretrotomia interna, ressecção endoscopica de próstata, prostatectomia, cirurgias múltiplas, procedimentos sequenciais, entre outros.

O acesso ao tratamento de câncer é viabilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em convênio com o Hospital São Marcos. O paciente passa pelo primeiro atendimento na Unidade Básica de Saúde, e no caso de suspeita é encaminhado pelo médico da família para os profissionais especialistas no Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo (CISLA) ou Hospital Universitário (HU), que realizam os exames.

Uma vez confirmado o câncer por meio de biópsia, o paciente é encaminhado para o Hospital São Marcos, onde será feito o tratamento, totalmente custeado pelo SUS. Pacientes de outros municípios têm acesso ao tratamento pelo mesmo procedimento.

Prevenção

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais afeta os homens, e o mais frequente nos que já passaram dos 50 anos. A prevenção à doença, além da manutenção de um estilo de vida saudável, é a visita regular ao médico especialista e a realização do exame de toque retal, bem como o exame sobre a dosagem de PSA no sangue (Antígeno Prostático Específico, uma enzima produzida pelo corpo).

O Novembro Azul é uma mobilização com objetivo de discutir a temática do câncer de próstata, abordando principalmente sua prevenção, estimulando os homens a cuidarem mais de sua saúde. Em 2012, inspirado pelo "Movember" - movimento internacional dedicado à conscientização e arrecadação de fundos na luta contra a doença -, a campanha se concentrou no mês de novembro (mês do Dia Internacional do Homem – 19 de novembro) e, por isso, passou a se chamar “Novembro Azul”.

Comentários

Matérias Relacionadas