Cidade

População da zona leste terá novo mercado público no bairro Satélite

Valor estimado da obra é de R$ 729.882,31, cuja fonte de recursos é própria do município
Fonte: PMT | Editor: Redação 28/03/2018 10:36

O grande Satélite, na zona leste de Teresina, ganhará em breve um novo mercado público. A obra está em fase inicial de locação do espaço, demarcação, implantação dos tapumes e organização do canteiro de obras. O valor estimado da obra é de R$ 729.882,31, cuja fonte de recursos é própria do município. O mercado contará com 27 boxes, área administrativa e lanchonete e deve movimentar o comércio da região.


Depois de audiências com a comunidade local determinou-se a construção do novo Mercado em um terreno lateral ao do Lar da Esperança e o Campo de Futebol, localizado na Avenida Rotary Club. "Em audiência, foram colocados três locais como propostas, e em votação pública os feirantes escolheram este local", explicou o superintendente executivo, Angelo Cavalcante.


Com área ampla e ventilada, distribuída em 548,35 metros quadrados, o Mercado do Satélite funcionará como os demais mercados de Teresina, com a concessão de permissões que deverão gerir os boxes com zelo. A partir dessa gestão os pequenos empreendedores poderão vender sua produção aos moradores do bairro.


O projeto da obra contempla a construção de quatro estacionamentos para carga e descarga; 20 estacionamentos para clientes com 11 destinados aos motociclistas. Está previsto também instalações hidráulicas, elétrica e de combate a incêndio; manutenção de canteiro; alvenaria; a execução da cobertura; muro; pintura; laje; forro; meio fio externo e interno; rampa de acesso para cadeirantes; pavimentação em paralelepípedo; plantio de grama; e o piso tátil de concreto.


UPA


A obra da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Satélite, construída no terreno antes ocupado pelo o mercado, está em fase avançada. O espaço terá estrutura para seis consultórios médicos, seis leitos de estabilização, 18 leitos de observação, quatro salas de exames de eletrocardiograma, ultrassonografia, radiografia e coleta de material para laboratório.


Além disso, a UPA terá salas para inalação, higienização, medicação, curativo e sutura e sala para engessamento. Os investimentos na obra totalizam R$ 4.561.227,81 milhões, com previsão de entrega para o meio deste ano. É uma obra necessária, que vai melhorar o sistema de regulação da saúde da capital e desafogar o Hospital de Urgências de Teresina.


Marlucia Lopes, dona de casa, disse está ansiosa com a nova instalação do Mercado e contente também com a obra da UPA. “Tudo que é novo é melhor. Ou seja, vamos ganhar uma UPA novinha e um Mercado novinho também. São duas conquistas que a nossa comunidade ganha e isso é motivo para ficar muito feliz”, disse a moradora da região.

Comentários