Polícia

PM é preso por roubo em depósito das Casas Bahia

Ao todo quatro pessoas foram presas na Operação Cargo
Fonte: Polícia Civil | Editor: Alinny Maria 23/01/2019 08:00
Presos na Operação Cargo Presos na Operação CargoFoto: Divulgação/Polícia Civil

Um policial militar do Piauí identificado como Rafael dos Santos Leal foi preso na noite dessa terça-feira (22) na ‘Operação Cargas’, deflagrada pela Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO). O policial e mais três homens foram presos por participarem do roubo de uma carga de TVs e smartphones do depósito da loja Casas Bahia, na Avenida Maranhão, bairro Matinha, na zona Norte de Teresina, no ano passado.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito Rafael Macedo Araújo, vulgo Rael, foi preso em dezembro do ano passado ao ser flagrado com mais de 100 TVs e smartphones em sua residência, no bairro Parque Vitória, zona Sul da capital. Com a prisão do primeiro integrante do grupo, a polícia chegou aos demais envolvidos.

Ao todo foram presos Rafael Macedo Araújo, vulgo Rael; Rafael dos Santos Leal; Clemilton Pereira Lima, vulgo ‘DJ’ e Wanderlan Ferreira de Melo. Segundo as investigações, o grupo usou um caminhão para transportar a carga que roubaram do depósito. Eles utilizaram pistola e renderam os funcionários da loja, após pegarem o material, colocaram dentro do caminhão que teria sido escoltado até a casa de Rael, onde foi encontrada parte do material roubado.

TVs encontradas na casa de um dos envolvidos no roubo (Produtos roubados do depósito foram encontrados na casa de um dos suspeitos/Foto: GRECO)

A Operação Cargas foi deflagrada na manhã de segunda-feira (21) após intenso trabalho de monitoramento e levantamento de informações, por parte da equipe de investigadores, que resultou na captura de Abimael em José de Freitas. Já na noite de ontem (22), por volta das 23h, Wanderlan foi preso.

O policial é lotado no 4º Batalhão da Polícia Militar de Picos, e ele já está sendo investigado pela corregedoria da Polícia Militar por ter sido denunciado pelo roubo de R$ 280 mil que teve como vítima um comerciante da área do 11º Distrito Policial.

A operação foi coordenada pelo delegado Tales Gomes, no âmbito de investigação presidida pelo Delegado Gustavo Jung. Os investigados serão indiciados por organização criminosa e roubo majorado.

Comentários