Política

Osmar Júnior e Fábio Abreu assumem cargos no Karnak

As nomeações marcam o início da composição do novo secretariado
Fonte: CCom | Editor: Paulo Pincel 29/03/2019 16:59
Fábio Abreu e Osmar Júnior Fábio Abreu e Osmar JúniorFoto: Jorge Bastos/CCom

“Preciso ter comigo quem está desde o nascedouro, tratando da organização necessária para cumprir aquilo que saiu do projeto da Assembleia. O objetivo era exatamente garantir que a gente pudesse ter as condições de dar essa largada. Quero agora dialogar com as lideranças estaduais que comigo compuseram essa vitória e têm a responsabilidade da governança. Vamos fazer isto nesse mês de abril e, nos próximos dias, também dar posse aqui nas áreas onde acontecerão mudanças”, adiantou o governador ao adr posse aos secretário de Estado de Governo, Osmar Júnior (PCdoB), e da Segurança Pública, Fábio Abreu (PR).

O secretário Fábio Abreu iniciou sua fala agradecendo ao trabalho que o coronel Rubens Pereira desenvolveu ao longo destes meses à frente da Secretaria de Segurança Pública. O secretário empossado ressaltou ainda os seus compromissos para a gestão que se inicia. “É um prazer voltar a esta gestão e sabermos que nós temos profissionais de destaque nacional. Eu sempre acreditei e hoje isto é comprovado pelo aplicativo Salve Maria. Nós temos excelentes profissionais na Polícia Civil, Polícia Militar e essa equipe tem sim condições de se destacar muito mais. O nosso objetivo é buscar condições para que os nossos profissionais possam desenvolver o trabalho e a capacidade que têm. Esse será o nosso principal objetivo. Nossa ações serão voltadas e pautadas nessa valorização”, disse.

A prioridade desta gestão, segundo o secretário, será reduzir as atividades criminosas que mais prejudicam a população e estas serão combatidas por meio da parceria com a inteligência e a tecnologia. “O estado do Piauí está habilitado a receber estes recursos graças ao trabalho feito pela gestão anterior e ao governador, por liberar recursos para que este plano pudesse ser feito. E é em cima desse plano que pretendemos desenvolver o nosso trabalho. As ações que nós pretendemos realizar serão focadas naquilo que as pessoas mais reclamam que é a questão do pequeno roubo e do pequeno furto. Vamos utilizar os meios tecnológicos que temos disponíveis e buscar aperfeiçoá-los e a parceria com a inteligência. Não tenho dúvidas que nós vamos ter um avanço na questão que mais incomoda a nossa população”, disse Fábio Abreu.

O secretário de Governo Osmar Júnior reforçou a necessidade de redução de gastos para que o Estado não perca a sua capacidade de investimento. “Para este ano, o Estado tem a necessidade de uma política de contenção de gastos. O governador lançou um programa, extinguiu cargos, órgãos, no sentido de enxugar mais os gastos para garantir os serviços essenciais e não perder de vista investimentos que possam elevar o IDH”, declarou.

Osmar agradeceu ao chefe do Executivo pela confiança e recordou do pleito que disputaram junto em 2002. “Confiança não é uma coisa que se compra ou se acha na rua. Ser escolhido para um cargo dessa responsabilidade, nesse momento da vida brasileira, representa, da parte do governador, uma confiança na minha capacidade de exercer as funções de secretário e fazer com responsabilidade e lealdade. Este é o compromisso que assumo. Fiquei feliz com a lembrança, quando a Vossa Excelência me trouxe do compromisso assumido lá em 2002, quando tive a honra de ser vice-governador na chapa liderada por Vossa Excelência. Naquela oportunidade, nós também vivíamos um momento de dificuldades no Brasil e conflito político aqui no Piauí. Mas o governador, ao formular as ideias para aquela campanha, chamou a atenção. A ideia de que ele não pensou em apresentar um plano com as grandes obras, ele escreveu lá que o propósito daquela campanha era melhorar a vida do povo piauiense e assim nós assinamos

Comentários