Cidade

Obras do Mercado do bairro Satélite seguem em ritmo acelerado

Obra possibilitará mais um espaço de geração de renda para famílias da região
Fonte: PMT | Editor: Redação 17/10/2018 10:31
Obras do Mercado do bairro Satélite Obras do Mercado do bairro SatéliteFoto: Reprodução

A construção do Mercado do Produtor do bairro Satélite segue com cronograma de serviços para promover o acesso dos moradores a mais um mercado público, além da comodidade e economia na região. O local foi visitado pelo prefeito Firmino Filho que elogiou a atuação da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste).

A obra tem investimento de R$ 235.000, oriundos de recursos próprios do município, com previsão de entrega para o início do mês de novembro e promoverá o acesso dos moradores a mais um mercado público, além da comodidade e economia. Segundo a Gerência de Obras da SDU Leste, a obra está recebendo cobertura total do espaço.

O espaço do mercado terá uma área ampla e ventilada, distribuída em 537,56 metros quadrados, com 27 bancas que serão ocupadas pelas atividades de venda de carnes, peixes e frangos; hortifruti; lanchonetes; artesanatos; confecções; consertos; temperos e frios. Dois banheiros (feminino e masculino), cozinha, depósito e sala da administração também integrarão o espaço.

Já a área total do terreno corresponde a 3.704,97 metros quadrados, onde serão construídos dois pátios de 437,80 metros quadrados cada e dois estacionamentos, sendo um para veículos de passeio (626,11 metros quadrados) e outro para carga e descarga (409, 75 metros quadrados), além de vagas para motocicletas.

O superintendente da SDU Leste, João Pádua, ressalta a importância do mercado para a região e o que ele representará para as famílias que trabalharão no espaço e para os moradores da região. “Essa obra representa uma enorme conquista para os moradores da região, que buscam uma fonte de renda para suas famílias, além de movimentar a economia do bairro. A SDU Leste, preocupada em proporcionar espaços amplos e seguros de trabalho e convivência, vem com mais um empreendimento para a região. Futuramente, com a entrega dos boxes, os permissionários poderão sustentar suas famílias, com dignidade e independência”, disse.

“Não vejo a hora do mercado do nosso bairro ficar pronto. Quero reconquistar a minha clientela e fidelizar todos com o que faço. Com o novo espaço, será mais fácil e mais cômodo trabalhar, já que tudo será novo e estruturado. Tudo que mais espero”, falou a cozinheira Euzenira da Silva de 48 anos e que trabalha no ramo da cozinha há mais de 10 anos. Atualmente, ela está trabalhando em uma feira do bairro, espaço alugado pela Prefeitura temporariamente.


Comentários