Brasil

Nutrigold tem mais de 270 produtos recolhidos pela Anvisa

A determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) inclui, também, a proibição da fabricação e distribuição de todos os lotes dos produtos
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 02/12/2016 12:48
Anvisa AnvisaFoto: Reprodução/google

Mais de 270 produtos da empresa Nutrigold do Brasil Suplementos Alimentícios Ltda foram proibidos de serem comercializados a partir de publicação no Diário Oficial da última quarta-feira (28). As medidas sanitárias incluem, também, a proibição da fabricação e distribuição de todos os lotes dos produtos listados no DO. A determinação foi da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com O Globo, no dia 22 de novembro a agência já havia informado interdição cautelar de 12 toneladas de produtos semiacabados e mais de 250 produtos finais diferentes da empresa. Na ocasião, foram lavrados mais de 19 autos de infração pelo suposto descumprimento às resoluções que tratam dos registros de novos alimentos, e também pela suposta falta de autorização e licenciamento para fabricação de cosméticos e medicamentos.

Resposta

Quanto à interdição cautelar de 12 toneladas de produtos, a Nutrigold diz causar extrema estranheza a veiculação de tal notícia, visto que na mesma data de sua publicação (22/10/2016) os fiscais da vigilância sanitária inspecionaram novamente as instalações da a Nutrigold do Brasil.

"Importante destacar que durante o curso do procedimento fiscal direcionado à empresa Nutrigold do Brasil, foram adotados procedimentos patentemente discricionários e desprovidos de critérios técnicos, a exemplo da classificação equivocada e consequente interdição de matérias primas e produtos acabados que não se enquadram nas definições de novos alimentos e, portanto, jamais poderiam ser objeto de autuação e muito menos interdição cautelar", completa o comunicado da empresa.

Comentários

Matérias Relacionadas