Saúde

Nutricionista orienta pais sobre alimentação que previne câncer

Quando se mantem uma dieta saudável desde a infância é possível diminuir as chances de aparecimento da doença
Fonte: Prefeitura de Teresina | Editor: Redação 05/10/2017 14:22
HUT HUTFoto: Reprodução/Google

Nesta quinta-feira (05), a nutricionista do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), Socorro Coêlho, irá orientar crianças, pais e acompanhantes internados na clínica pediátrica sobre os tipos de alimentos adequados para prevenir e combater o câncer. Além disso, as crianças irão assistir uma apresentação de teatro de bonecos com a historinha da cartilha “Conhecendo o câncer”, lançada pela nutricionista. Após a apresentação teatral, as crianças serão presentadas com um exemplar da cartilha.

De acordo com Socorro Coêlho, o câncer é, atualmente, uma doença que vem acometendo cada vez mais pessoas. “A Organização Mundial de Saúde preconiza que em 2030 serão mais de 20 milhões de novos casos de câncer. Este material educativo, que tem como público alvo as crianças, ensina como se alimentar da forma mais saudável possível desde cedo”, comentou a nutricionista.

Socorro explicou também que quando se adota hábitos alimentares saudáveis ainda na infância, é possível chegar à idade adulta mantendo uma dieta adequada, evitando, por exemplo, grandes vilões como frituras e alimentos excessivamente doces. “Os alimentos ricos em gorduras trans e gorduras saturadas ao longo do tempo se acumulam no organismo e podem provocar várias doenças crônicas como diabetes e hipertensão. E dentre estas doenças existe o câncer que é um doença que maltrata não só o paciente, mas toda a família”, destacou Socorro completando que a alimentação é responsável por 30% a 40% de todos tipos de casos de câncer.

Nutricionista formada pela Universidade Federal do Piauí e especialista em distúrbios metabólitos (UFPI), Socorro Coêlho é também especialista em oncologia multiprofissional pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) e em nutrição oncológica pela Sociedade Brasileira de Nutrição Oncológica (SBNO).

Comentários