Saúde

Mutirões de catarata realizaram 1.200 cirurgias em Teresina em 2018

Atendimento aos pacientes foram feitos por meio de encaminhamentos das Unidades Básicas de Saúde
Fonte: PMT | Editor: Redação 22/11/2018 10:45
Mutirão MutirãoFoto: Ascom

Com o intuito de diminuir a demanda reprimida na área de oftalmologia, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) promoveu, de abril a outubro deste ano, mutirões de consultas e cirurgias de catarata. Foram realizadas 1.200 cirurgias de catarata nas duas clínicas credenciadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na capital durante o mutirão. “Ao todo 600 pessoas foram beneficiadas, cada uma realizou duas cirurgias, uma em cada olho. Totalizamos portanto 1.200 cirurgias ao final do mutirão”, explica Vitória Urbano, do SUS Teresina.

O atendimento aos pacientes oftalmológicos foram feitos por meio de encaminhamentos das Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Foram aqueles pacientes agendados no Gestor Saúde para consultas de oftalmologia/catarata, ou seja, quem atendeu esta pessoa na UBS teve a percepção de que ela precisava de uma cirurgia de catarata”, afirma.

As cirurgias de catarata foram realizadas com a mais moderna técnica cirúrgica existente, que é a lazer. “A técnica é o que existe de melhor e mais moderno e é também mais segura e mais rápida", explica Thiago Castro, proprietário de uma das clínicas onde foi realizado mutirão da catarata pelo SUS.

A catarata é uma opacidade do cristalino (lente natural do olho). Para pessoas que têm catarata tem a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada ou enevoada. Essa visão nublada pode tornar mais difíceis tarefas como ler, dirigir um carro ou interpretar a expressão das pessoas.

A maioria das cataratas se desenvolve lentamente e não perturba a sua visão desde o início. Mas com o tempo, a catarata acabará por interferir na visão. Em um primeiro momento, iluminação mais forte e uso de óculos podem ajudar a lidar com a catarata. Mas se a visão prejudicada interfere com as atividades normais, é necessário fazer a cirurgia de catarata. Felizmente, a cirurgia de catarata costuma ser um procedimento seguro e eficaz.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a catarata é responsável por 51% dos casos de cegueira no mundo, o que representa cerca de 20 milhões de pessoas. Como a expectativa de vida da população mundial está aumentando, o número de pessoas com catarata tende a crescer. A catarata é também uma importante causa de baixa visão em países desenvolvidos e em desenvolvimento.

Comentários