Saúde

Mutirão: Hospital de Parnaíba realiza 20 cirurgias no final de semana

Os Mutirões serão realizados todos os finais de semana de abril
Fonte: CCOM | Editor: Redação 09/04/2018 09:45
Hospital Estadual Dirceu Arcoverde - Parnaíba Hospital Estadual Dirceu Arcoverde - ParnaíbaFoto: Reprodução

A clínica pediátrica do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, foi especialmente ambientada para receber as 20 primeiras crianças atendidas pelo Mutirão de Cirurgias Eletivas Pediátricas daquela região. Os procedimentos cirúrgicos iniciaram neste sábado (07), tendo continuidade até o último final de semana de abril. Antes de serem encaminhadas ao Centro Cirúrgico, as crianças passaram pelo acolhimento, junto à equipe de enfermagem da Clínica Pediátrica e em seguida vivenciaram uma série de atividades lúdicas.

Essa é mais uma ação do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, para reduzir de forma significativa a fila de espera por um procedimento cirúrgico. “São 20 cirurgias pediátricas, num esforço de toda esquipe para tirar as crianças da fila de espera por uma cirurgia. Este esforço vai continuar nos próximos finais de semana”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, destacando a “orientação do governador Wellington Dias que sejam realizados grandes mutirões de cirurgias para se diminuir a demanda por todo estado do Piauí”.

A Dona Sandra Regina, mãe do Nícolas Sérgio, de 6 anos, relata que já esperava pela oportunidade da cirurgia para seu filho há cinco anos e que agora, graças ao Mutirão de Cirurgias Pediátricas, ela conseguiu rapidamente ser atendida. Dona Sandra ressaltou a ausência de burocracia em todo o processo, o que para ela levou mais alívio em ver que o Nícolas logo seria atendido.

Aline Souza levou o pequeno Miguel Lorenzo, 2 anos, para uma cirurgia de hérnia, diagnosticada no início deste ano e que já será realizada através deste Mutirão. Aline destaca que contar com este serviço proporcionado pelo Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Saúde, “é maravilhoso para as crianças e também para as famílias, que ficam muito felizes em ver acabar o sofrimento de seus filhos”.

Adrízia Fontenele, diretora do HEDA, assegura que neste momento, o hospital atende uma grande demanda de crianças que passaram por consultas e também pela realização de exames no próprio hospital, para agilizar ainda mais o processo. Adrízia afirma que hoje o sentimento “é de grande satisfação em poder contribuir ainda mais com a saúde das crianças e das famílias, que não precisaram por exemplo, deslocarem-se até a capital para a realização desses procedimentos”.

Desde que foi implantado, no início de março de 2018, o Mutirão de Cirurgias Eletivas Pediátricas, já atendeu mais de 700 crianças. Esse final, o Mutirão ocorre em diversos hospitais da rede estadual, como o de Campo Maior, Bom Jesus e Luzilândia.

Comentários

Matérias Relacionadas