Polícia

Garçom assume que premeditou a morte da namorada

Em áudio, Antonio assume o crime e diz que vai esperar 24h para fugir do flagrante
Fonte: PM-PI | Editor: Da Redação 04/03/2019 07:00
Francisca Gorete foi morta pelo namorado Francisca Gorete foi morta pelo namoradoFoto: Reprodução

O corpo de Francisca Gorete foi encontrado na madrugada desta segunda-feira (4) em frente ao Colégio das Irmãs, na Rua Monsenhor Hipólito, em Picos. A vítima foi espancada e porta a pauladas por um homem já identificado, segundo testemunha ouvida pela Polícia Militar. O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Picos, Edvaldo Viana, adiantou que o suspeito do crime é Antonio José da Silva, que trabalha como garçom numa pizzaria próximo ao local onde estava o corpo da vítima, com marcas de violência.

"O Copom recebeu uma ligação telefônica onde uma pessoa falou que em frente ao Colégio das Irmãs tinha um corpo estendido no chão e que tratava se de uma mulher que tinha sido espancada por um homem identificado apenas por Antonio", revelou o comandante.

Em áudio, Antonio confessou o crime e promete se entregar depois de 24h para fugir do flagrante. “Ela disse que ia dar fim a eu. Que eu não veria a luz do sol nascer. Ela chegou na pizzaria enchendo o saco [...] aí a moto estava com o pneu furado, cheguei no posto e disse para ela ir para a casa dela, ‘minha filha, deixa eu ir embora, vá para a sua casa’, mas [ela dizendo] ‘não, hoje eu te dou um fim, você não vai pegar mais nessa moto", assume o acusado no áudio. “Ela me deu uns empurrões, perto do Correios, mas eu fiquei na minha [...] aí eu fui no Colégio das Irmãs, fingi que iria urinar. Eu sabia que tinha uns paus lá, peguei um pau e matei ela”, diz friamente, sem demonstrar arrependimento.

O garçom, quer vai responder por feminicídio, admite que está escondido para fugir do flagrante. “Deus me livre, não posso ser pego agora não, antes de 24h não [...] Já liguei para o Floriano e disse que eu fiz isso e isso, que ela estava na pizzaria enchendo o saco, quem sabe é Deus”.

Comentários