Política

Integrantes do Movimento Vem Pra Rua preparam ataque à caravana de Lula durante a passagem pelo Piauí

Fonte: Redação 25/08/2017 18:40
Flagrante da caranava Lula Pelo Brasil Flagrante da caranava Lula Pelo BrasilFoto: Reprodução

O Movimento Vem Pra Rua pretende atrapalhar a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Piauí, agendada para o final da próxima semana. E não vai medir esforços para que essa ação seja destaque na mídia local e nacional.

Vale até postar número de conta bancária nas redes sociais para arrecadação de dinheiro para cobrir os gastos – principalmente com segurança - com a ação contra a passagem pelo Piauí da caravana Lula Pelo Brasil.

A “surpresa” desagradável estaria sendo orquestrada pela médica Adriana Sousa, candidata derrotada a vereadora nas eleições de 2016 em Teresina e que já organizou outras manifestações contra Lula e contra o PT no Piauí.

A médica teria confidenciado ao jornalista Arimateia Carvalho, editor-chefe do Jornal Meio Norte, a intenção do movimento de “melar” a passagem de Lula pelo Piauí. Ari Carvalho fez a revelação durante o Jornal Agora desta sexta-feira (25). Segundo ele, Adriana Sousa pretende agir em Marcolândia, Picos e Altos e Teresina.

Para tanto, o movimento Vem Pra Rua quer arrecadar R$ 4 mil para as despesas. A “vaquinha” é organizada pela própria Adriana Sousa, que disponibilizou o número da conta bancária no WhatsApp para que as doações sejam depositadas.

O presidente do PT do Piauí, deputado federal Assis Carvalho, advertiu que nenhuma agressão será tolerada. (veja matéria). Assis considera toda e qualquer manifestação legítima, desde que dentro la lei e da ordem. As autoridades de segurança serão alertadas da intenção do movimento de direita contra a caravana do ex-presidente e dos riscos de um confronto com a militância petista nessas cidades.

Comentários