Política Nacional

Ministro considera "arroubo" a ameaça de Eduardo Bolsonaro

Filho de Bolsonaro disse que basta um cabo e um soldado para fechar o Supremo
Fonte: Agência Brasil | Editor: Paulo Pincel 22/10/2018 18:53
Em vídeo, Eduardo Bolsonaro fala em fechar o Supremo Em vídeo, Eduardo Bolsonaro fala em fechar o SupremoFoto: Reprodução

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, comentou nesta segunda-feira (22) declaração feita pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), gravada meses atrás e só agora divulgada nas redes sociais, de que bastaria um cabo e um soldado para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF). Para o ministro, a frase foi um arroubo, uma empolgação, de campanha.

Torquato disse não considerar que o episódio tenha sido prejudicial à democracia brasileira.

“Eu não assisti ao vídeo. Só conheço o texto. É uma manifestação lamentável, que só posso crer que tenha sido um arroubo de campanha, que não tenha nenhuma outra consequência. De qualquer sorte, sendo deputado federal, com a eleição que teve, é de se esperar que agora, já eleito, ele tenha um discurso mais cuidadoso”, afirmou o ministro.

Torquato disse ainda, respondendo à pergunta de um repórter, que a declaração não é prejudicial à democracia do país. “Não chega a tanto”, considerou o ministro, que participou, no Rio, da abertura do 4º Fórum de Saúde Suplementar.

Comentários