Política

Marcelo garante lutar por mais recursos para Parnaíba

Marcelo Castro participa de caminhada e comício na Capital do Delta
Fonte: Assessoria | Editor: Paulo Pincel 14/09/2018 17:43
Marcelo Castro em campanha Marcelo Castro em campanhaFoto: Assessoria

Com Marcelo Castro à frente do Ministério da Saúde, os recursos oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS) repassados ao município de Parnaíba foram ampliados. Apenas o custeio, verba destinada mensalmente para a realização dos serviços, foi elevado em R$ 15 milhões. Agora candidato ao Senado, o deputado federal reafirma seu compromisso com a destinação de mais recursos para a Capital do Delta. Cumprindo agenda de campanha em Parnaíba neste sábado (15), Marcelo Castro participa de caminhada, às 8h, e de comício, às 20h, no bairro Piauí, ao lado do governador Wellington Dias.

Enquanto ministro da Saúde, Castro inaugurou a nova sede do Centro de Especialidades Dr. Odival Rezende, que passou a ofertar atendimento nas áreas de cardiologia, ortopedia, neurologia, ginecologia, obstetrícia, urologia, pneumologia, pediatria, cirurgia geral, dermatologia, gastrenterologia, angiologia, infectologia, nutrição, psicologia, psiquiatria, fonoaudiologia e neonatologia. Preparado para realizar até 28.560 atendimentos por mês, o Centro conta com 22 médicos de diversas especialidades, três nutricionistas, três psicólogos e dois fonoaudiólogos. A unidade possui 13 consultórios, salas de exame e centro cirúrgico.

Ainda como ministro, Marcelo Castro destinou R$ 6,5 milhões para o Hospital Marques Bastos e para a Clínica João Silva Filho de Parnaíba, para a formação das Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), estabelecimentos que realizam tratamento com quimioterapia e cirurgia dos cânceres mais prevalentes na população brasileira. “A Unacon foi a primeira unidade desse tipo nas regiões da Planície Litorânea e dos Cocais do Piauí, beneficiando uma população de 650 mil pessoas de mais de 30 municípios. Possui 600 cirurgias oncológicas e 450 procedimentos de quimioterapia ao ano. O serviço iniciou a descentralização do tratamento de câncer no Piauí, antes realizado apenas em Teresina”, declarou o candidato.

Castro liberou ainda R$ 4,6 milhões para a construção do Centro Especializado em Reabilitação (CER IV), considerado atualmente um dos centros de reabilitação de alta complexidade mais completos do Estado, por atender quatro especialidades de deficiência: auditiva, física, intelectual e visual. O CER de Parnaíba tem capacidade para receber mais de 700 pacientes ao mês.

Foi também graças à atuação de Marcelo Castro que foram ampliados leitos e serviços clínicos para integração à Rede de Urgência e Emergência de Parnaíba. Foram destinados recursos financeiros ao Instituto Práxis de Educação Cultura e Ação Social – Clínica Santa Edwiges, cujo contrato passou a ter o valor anual de R$ 2,9 milhões. Marcelo Castro também garantiu a ampliação dos recursos destinados à Santa Casa de Misericórdia, resultando em um aumento de 130%, passando a ter valor anual de R$ 8 milhões.

Ainda ministro, Marcelo assinou a portaria elevando em R$ 978,5 mil o Teto de Média e Alta Complexidade (MAC) de Parnaíba, que passou a ser de R$ 34,3 milhões, permitindo a habilitação de 10 novos leitos de UTI no município.
“Como ministro da Saúde, pude dar uma nova cara para a saúde de Parnaíba e, consequentemente, de toda a região litorânea. Com a destinação de mais recursos para a cidade-polo, ampliamos a oferta de serviços para os municípios da região, seja na urgência e emergência, nas alta e média complexidades ou no tratamento intensivo”, enumerou Marcelo Castro. “Assim, o atendimento fica mais próximo do cidadão e com maior qualidade. Parnaíba é hoje prova de que o modelo de descentralização da saúde que defendemos dá certo”, acrescentou o candidato.

Comentários