Cidade

Mais de mil residências serão construídas no Parque Brasil

As famílias são reassentadas pelo Programa Lagoas do Norte
Fonte: SEMPLAN | Editor: Alinny Maria 07/07/2018 09:12
Segunda fase do projeto Lagoas do Norte Segunda fase do projeto Lagoas do NorteFoto: Divulgação

As famílias que receberam intervenções do Programa Lagoas do Norte (PLN), serão reassentadas para um novo residencial que fica localizado no bairro Parque Brasil, zona Norte de Teresina. O novo residencial será construído a quatro quilômetros de distância da moradia anterior das famílias e terá uma área de aproximadamente 250 mil m². Foram liberados 124 milhões de reais para a obras através do Programa Minha Casa Minha Vida.

Serão construídas 1.022 unidades habitacionais, sendo 350 casas e 672 apartamentos. As casas serão oferecidas prioritariamente para as famílias com o maior número de membros e os apartamentos para as famílias menores. Segundo a Prefeitura de Teresina, foi identificado que as atividades econômicas da área são voltadas principalmente para o comércio, prestação de serviços e agricultura, com destaque na plantação de hortas. O residencial busca atender a demanda destas famílias, com o intuito de manter a fonte de renda familiar.

As novas residências serão construídas com caraterísticas diferentes dos moldes padrões do programa Minha casa, Minha vida (MCMV), pois busca oferecer mais qualidade de vida para as famílias reassentadas, com a oferta da infraestrutura básica, usos diversificados e acessibilidade.

Os lotes individuais vão possuir um tamanho diferenciado, com mais de 200 m², para que as famílias possam desenvolver suas atividades econômicas em domicilio, como comércio e serviços. O projeto possui o desenho diferente, facilitando a localização das unidades. O sistema viário será feito buscando atender a demanda por transporte público. A acessibilidade fica por conta de calçadas com largura mínima de 2,5 m, ciclovias e equipamentos projetados para atender a todos.

"Temos esse objetivo. Reassentar as famílias com mais qualidade de vida. Teremos creches, unidades de saúde e outros serviços públicos que serão ofertados. Será entregue com toda a infraestrutura de água, esgotamento sanitário e drenagem pluvial. As famílias que possuem renda a partir de atividade comercial, já irão para lotes apropriados para exercer sua atividade, mantendo a sua renda. Estaremos oferecendo outra realidade e mais possibilidades para essas famílias", ressaltou Márcio Sampaio, diretor geral do Programa Lagoas do Norte.

Comentários