Cultura

Mais de 100 ambulantes já se cadastraram para o Corso

Hoje foi primeiro dia de inscrições para barracas e seguem até sexta (26)
Fonte: PMT | Editor: Redação 22/01/2018 17:11
Foto FotoFoto: Reprodução

Foi intensa a procura para inscrições de ambulantes e vendedores que pretendem usar o espaço e comercializar bebidas e comidas na área que corresponde a Avenida Raul Lopes durante o Corso deste ano. No primeiro dia de inscrição, 116 fichas foram cadastradas pela equipe da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste).

As inscrições, que se iniciaram hoje (22) e seguem até sexta (26), estão sendo realizadas no novo prédio da SDU Leste, localizado na Avenida Zequinha Freire, número 370, Bairro Uruguai, em frente ao Condomínio Delta do Parnaíba - nas mediações do balão da Uninovafapi. As inscrições acontecem no horário das 8h às 13h. Mais informações podem ser obtidas através do número (86) 3215-7883.

Segundo o superintendente da região, João Pádua, o cadastro do ambulante mostra o compromisso que ele tem com a cidade, agindo corretamente inclusive com o meio ambiente. “É importante frisar que teremos também, no local das inscrições, a presença da equipe da Secretaria do Meio Ambiente e da Vigilância Sanitária dando orientações aos ambulantes quanto aos cuidados com o ambiente que será utilizado, a coleta seletiva do lixo e também como proceder no manuseio dos alimentos”, disse o gestor.

“Estamos disponibilizando uma média de 100 senhas por dia. Nossa intenção é organizar e facilitar as inscrições, tornando o processo mais confortável para os ambulantes” explicou o gerente de fiscalização, Lupércio Medeiros.

Para a dona de casa Anisia Cristiana, a festa do Corso tem gerado expectativas principalmente no tocante ao aumento da renda com as vendas de alimentos e bebidas. “Estou empolgada e aguardava ansiosa pelo Corso. Garanti meu espaço para vender arrumadinho e batata frita”, contou a vendedora. “Todos os anos eu participo. Com as vendas no Corso, quero ficar com uma folguinha no bolso, afinal é o maior do mundo, muita gente vai estar lá e com certeza vamos vender tudo”, disse a barraqueira.

Critérios para inscrição

Conforme informações da ficha de inscrição, que será disponibilizada no ato na inscrição, a SDU Leste ressalta observações importantes que devem ser seguidas pelos ambulantes, tais como: as barracas só poderão ser ocupadas a partir do dia 01 de fevereiro, não havendo reserva antecipada de áreas; não poderão ser vendidas bebidas em garrafas de vidro; a Prefeitura não disponibilizará pontos de energia, estando proibida a utilização da rede pública de forma clandestina; não será permitido obstruir ruas e entradas de condomínios e estabelecimentos comerciais e cada barraqueiro será responsável pela limpeza de sua área ocupada, entre outras observações.

A Prefeitura de Teresina também tem se mostrado bastante preocupada com o meio ambiente durante o evento que terá na Avenida Raul Lopes o seu trajeto principal, onde caminhões decorados irão desfilar. “A Raul Lopes possui hoje um dos maiores parques ambientais da cidade, que é o Parque Raul Lopes, ao lado do Rio Poty. Por isso é proibido o uso pelos ambulantes dessa área, considerada de preservação ambiental, que inclui a calçada ao lado do rio, bem como áreas ajardinadas, exceto pelos foliões”, contou o gerente.


Comentários