Municípios

Hospital de Parnaíba atendeu a média de 8 mil pacientes por mês em 2017

Os indicadores apontam ainda que, em todos os setores da urgência, a meta de atendimento foi superada em mais de 11%.
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 28/02/2018 10:49
Hospital Estadual Dirceu Arcoverde Hospital Estadual Dirceu ArcoverdeFoto: Paulo Barros

Dados apresentados pelo Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba, durante audiência pública na Câmara Municipal de Vereadores, realizada nessa terça-feira (27), comprovam a resolutividade da unidade hospitalar e ainda o número expressivo de atendimentos em 2017: foram mais de 8 mil pacientes atendidos, em média, ao mês.

Os indicadores apontam ainda que, em todos os setores da urgência, a meta de atendimento foi superada em mais de 11%, seja em internação, seja no pronto atendimento. Por exemplo, a meta para as internações ambulatoriais era de 20.935 atendimentos, mês. O quantitativo foi de 23.678, mensalmente, em média, com atendimentos que envolvem desde a consulta à realização de exames, como raios X, tomografia e procedimentos, como pequenas cirurgias.

A implantação da neurocirurgia, em março de 2017, permitiu um impacto positivo na assistência em alta complexidade, o que diminui, de forma significativa, as transferências para Teresina. Com isso, o paciente vítima de traumas crânio-encefálicos ou AVC tem garantida a assistência no Heda.

Apesar de ser um hospital porta-aberta para atendimentos de média e alta complexidade, mais de 60% dos atendimentos se referem aos cuidados básicos, classificados como pouco urgente e não urgente, que deveriam ser feitos em unidades básicas de saúde. Os 40% foram classificados como urgente, muito urgente e emergência. “Adequamos as necessidades do paciente ao fluxo do hospital, para que todos possam ser atendidos”, afirma Adrizia Fontenele, diretora do hospital.

Comentários