Saúde

Hospital de Corrente vai atender 40 pacientes na primeira etapa do Mutirão de Cirurgias

Em visita ao Hospital, Florentino Neto anunciou investimentos para aquisição de equipamentos.
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 11/11/2017 16:02
Senhora Idália Oliveira Senhora Idália OliveiraFoto: James Almeida

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, visitou, na manhã de sexta-feira (10), o Hospital Regional João Pacheco Cavalcante, em Corrente, e acompanhou mais uma etapa do I Mutirão de Cirurgias Eletivas, que está ocorrendo simultaneamente em dez hospitais da rede estadual. Somente no Hospital de Corrente, cerca de 40 pacientes passaram por consultas especializadas para avaliação e encaminhamento das cirurgias que serão realizadas a partir da próxima semana.

A enfermeira Jessica Silva elogiou o projeto da Secretaria de Estado da Saúde, destacando que o hospital recebeu reforço na equipe médica para a realização dos procedimentos. “Organizamos toda nossa demanda, uma fila de espera que gira em torno de 150 pacientes de Corrente e de cidades vizinhas, ligamos para os pacientes que foram avaliados e os procedimentos começam já a partir de terça-feira, dia 14”, explicou.

São pacientes como dona Idália Oliveira, que estava em uma fila de espera de quase um ano para realizar uma cirurgia de retirada de mioma. “Estou com quase um ano nessa fila, sempre dizendo que não tinha vaga, não tinha médico, mas eu sempre naquela esperança, agora recebi uma ligação e estou aqui, fiquei alegre né, agora vai sair”, agradece.

Servidores e lideranças

O secretário Florentino Neto aproveitou a oportunidade da visita para reunir funcionários do Hospital e lideranças da comunidade. Durante a reunião, o secretário anunciou os investimentos em equipamentos hospitalares, de cerca de R$ 200 mil, provenientes de emenda parlamentar da senadora Regina Sousa.

“É sempre bom acompanhar de perto os serviços que o governo está prestando, ver a satisfação das pessoas, mas também é importante ouvir a comunidade, os servidores que são que conhecem mais de perto a realidade vivida aqui. Saio daqui mais feliz, em saber que estamos servindo a mais pessoas”, avaliou Florentino.

Com os recursos, o hospital deve receber: berço aquecido, poltrona hospitalar, estetoscópio, cama hospitalar tipo fawlermecânica, aparelho de raio x móvel, bisturi elétrico, bomba de infusão, dentre outros

Comentários