Geral

Garis são demitidos após protestarem contra salário atrasado

Cerca de 50 funcionários foram demitidos em Teresina
Fonte: Com informações do G1 | Editor: Da Redação 08/10/2018 19:04
Garis são demitidos após protesto em Teresina Garis são demitidos após protesto em TeresinaFoto: Divulgação

Funcionários da coleta de lixo de Teresina fizeram um protesto contra o atraso de salário, tickets de refeição e vales transportes no sábado (6) e deixaram de realizar a coleta de lixo em alguns bairros de Teresina. Nesta segunda-feira (8), a empresa TCA, responsável pela coleta de lixo na capital, demitiu os 50 trabalhadores que participaram do protesto.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), informou que os pagamentos realizados pelo poder municipal para as empresas dos serviços de limpeza pública estão todos em dia e seguindo rigorosamente o prazo contratual estabelecido, não havendo nenhum tipo de atraso por parte da Prefeitura.

Alguns dos trabalhadores demitidos estavam na empresa há oito anos. Um funcionário, que não quis se identificar, disse que a empresa não estava realizando o pagamento em dia e estava tirando do próprio bolso para pagar o transporte para ir trabalhar. Ele contou ainda que aderiu ao protesto porque queira melhorias e foi surpreendido com a demissão.

A representante do Sindicato da categoria, Maria José da Silva, disse que tentou negociar com representantes da empresa, mas eles falaram que não vão readmitir os funcionários.

A representante disse ainda que vai tentar intervenção do Ministério Público do Trabalho, pois muitos funcionários teriam sofrido assédio moral por participarem da manifestação.

“Eles tinham direito de fazer a paralisação de advertência, pois tinha documentação legal para isso. Além disso, quando os pagamentos eram feitos havia desconto no salário deles. Chegaram até mencionar que a prefeitura não estaria pagando a empresa”, afirmou Maria José da Silva ao G1 Piauí.

Comentários