Cidade

Fundação Wall Ferraz abre 500 vagas em cursos profissionalizantes

Inscrições iniciam nesta segunda-feira (25)
Fonte: FWF | Editor: Da Redação 21/03/2019 21:51
Cursos profissionalizantes Cursos profissionalizantesFoto: FWF

A Fundação Wall Ferraz divulgou o cronograma de cursos que serão realizados através do programa Profissionalizar Teresina. Ao todo, são 500 vagas distribuídas em 24 turmas, nas diferentes regiões da cidade. Os 17 cursos serão realizados nos Centros de Capacitação. As inscrições serão iniciadas na próxima segunda-feira, dia 25.

Os 17 cursos ofertados contemplam as áreas de gestão de negócios, alimentação, infraestrutura, ambiente e saúde, informática. Entre as novidades estão os cursos estão Pintor predial, Fiscal de loja, Limpeza e conservação e Conserto e manutenção de celular e Artesanato em biscuit.

As inscrições serão realizadas nos Centros de Capacitação em que ocorre a oferta de cada curso. É importante que o trabalhador esteja atento aos critérios de escolaridade e idade estabelecidos. No momento da escolha, os interessados também devem ter clareza sobre o que melhor se adequa ao seu perfil, para que ao final tenham chances efetivas de buscar uma colocação profissional.

"Os cursos de profissionalização realizados gratuitamente pela Prefeitura de Teresina através da Fundação Wall Ferraz, possibilitam a muitos trabalhadores descobrirem potencialidades, desenvolverem habilidades seja através de atividades autônomas e empreendedoras ou mesmo através da colocação no mercado de trabalho formal. Desta forma, cada vez mais a Fundação Wall Ferraz coloca em evidência a importância de oferecer oportunidade para que as pessoas melhorem suas condições de vida", pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Responsável pela Gerência Pedagógica da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar destaca a importância de cursos que deem retorno imediato aos alunos. "Os cursos ofertados são de curta duração, o que possibilita ao trabalhador que realizá-lo, um rápido acesso ao mercado de trabalho, através da inclusão no mercado formal ou de iniciativa autônoma", diz.

Os cursos serão ministrados por instrutores devidamente capacitados e que foram classificados no processo seletivo da FWF, o que garante elevado nível de qualidade à formação socioprofissional recebida.

Em 2018, o programa Profissionalizar Teresina beneficiou mais de 2 mil jovens e adultos em todas as zonas da cidade levando cursos de formação profissional com possibilidade real de retorno imediato na geração de renda e inserção no mercado de trabalho formal.

Comentários

Apoio: