Municípios

Floriano realiza Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões

O evento é uma realização da Escalet Produções Cinematográficas, com apoio do Governo do Estado.
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 14/11/2018 14:13
O público terá a oportunidade de ver o longa-metragem A Chave do Vale Encantado O público terá a oportunidade de ver o longa-metragem A Chave do Vale EncantadoFoto: Ascom

A cidade de Floriano realiza, de 14 a 18 de novembro, a 13ª edição do Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões. O evento, que promete uma imersão no imaginário atual do cinema brasileiro, reunirá as mais belas imagens produzidas pelos cineastas que se comprometem em modernizar o fazer cinematográfico.

O público terá a oportunidade de ver o longa-metragem A Chave do Vale Encantado, do Rio de Janeiro, do diretor Oswaldo Montenegro, uma fantasia para o público infantil, nos leva ao mundo “real” dos personagens dos contos infantis.

Outros longas-metragens que farão parte do Encontro Nacional de Cinema são: Rebendo, da Paraíba; Ferrugem, do Paraná; O Barco, do Ceará; Bando um filme de:, da Bahia.

Além disso, o público poderá conferir também os curtas-metragens documentários: Tem criança no repente, do Piauí, que abrirá o encontro nesta quarta-feira (14); depois virão os filmes: Cantiliana e os herdeiros do mal de Lázaro, do Maranhão. Quanto mais longe vou, mais perto fico, do Pernambuco. Negrum3, de São Paulo e Que som tem a distância, do Rio Grande do Sul.

Entre as animações estão: Meu melhor amigo, de Minas Gerais; Invisível, do Rio de Janeiro; O malabarista, de Goiás; Solito, do Rio Grande do Sul; e Síndrome dos trópicos, de Sergipe.

E para os que pretendem investir na própria formação, o Encontro dos Sertões oferecerá gratuitamente oficinas, palestra, debates, painéis, com produtores, diretores e atores. Após as exibições será realizado o 13° Piauí Mix que apresenta este ano shows de música, dança e teatro.

O 13° Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões é uma realização da Escalet Produções Cinematográficas, com apoio do Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e ainda do Sistema de Incentivo Estadual à Cultura (Siec).

Comentários