Política

Elmano volta atrás e relança candidatura a governador

Senador havia desistido da disputa na semana passada
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Alinny Maria 02/08/2018 16:39
Senador Elmano Ferrer lança candidatura a governador do Piauí Senador Elmano Ferrer lança candidatura a governador do PiauíFoto: Assessoria parlamentar

O presidente do Progressistas no Piauí, deputado estadual Júlio Arcoverde rebateu a fala do colega deputado João Mádison (MDB) “Primeiro o deputado João Madison tem que saber o que é ameaça, tem que dar uma lida para saber o que é. Eu disse apenas que não aceitava nenhum tipo de retaliação ao nome do senador Ciro Nogueira. Isso não sou eu, são os prefeitos dos Progressistas que me dizem. Vão partir para a campanha e eu acho que a não votação de um prejudica a todos”,

“Não existe mal estar nenhum da parte do Progressistas. Essa parte de disputa por uma vaga na chapa majoritária foi virada há mais de dois meses pelo senador Ciro que teve uma conversa com o governador, viu que a vaga não seria para o nosso partido, reuniu a imprensa e virou essa página”.

Segundo João Mádison, De jeito nenhum, eu rodo muito, percorro muito os municípios e não vejo das lideranças municipais, principalmente do MDB, nenhum sentimento de não vão votar no Ciro. Pelo contrário, os prefeitos do MDB são muito gratos ao que o senador fez e recursos que senador mandou para as suas cidades. [...] Há esse sentimento muito forte de lideranças mdebistas em apoiar o senador”.

Uma semana depois da entrevista coletiva em que desistiu da disputa ao governo do Piauí, o senador Elmano Ferrer (Podemos) reuniu os jornalistas na tarde desta quinta-feira (2), na Câmara Municipal de Teresina, para dizer que voltou atrás e será candidato a governador nas eleições de 7 de outubro próximo.

“Depois de muitos apelos, de muitas ponderações feitas por cidadãos piauienses daqui da capital, do interior, mensagens de muitas pessoas, homens e mulheres, no sentido de que nós reconsiderássemos a nossa decisão anterior de retirar nosso nome da disputa eleitoral como pré-candidato a governador do estado, nós decidimos recolocar o nosso nome para esse processo eleitoral. Muitos pedidos levaram a isso, dentre eles eu citaria a qualificação do processo eleitoral, é mais um nome que o Piauí e eleitores terão como opção”, justificou o senador, que afirma ter o apoio de 10 partidos.

“A decisão nossa foi tomada hoje, estou vindo de uma reunião com 10 partidos e nossa pré-candidatura está calcada nesse grupo que se chamava ‘grupo de emergentes’ e hoje passou a ser grupo de resistência. Nós vamos ter uma reunião logo mais, às 18h, e a comissão executiva provisória vai receber uma delegação para tomar uma decisão até o dia 5 e, talvez hoje, nós vamos ter o nome do vice da chapa”, confirmou Elmano Ferrer, sem adiantar o nome da pré-candidata”.

Comentários