Cidade

Apenas uma amostra de água de Teresina é considerada imprópria

Foram coletadas amostras em 17 pontos de saída de água dos reservatórios
Fonte: Cyntia Veras | Editor: Da Redação 10/04/2017 17:05
Estação de tratamento de água de Teresina Estação de tratamento de água de TeresinaFoto: Agespisa

A Diretoria de Vigilância Sanitária do Piauí (DIVISA) realizou coleta de amostras de água para consumo humano, em nove pontos específicos de Teresina, em regiões determinadas pelo Ministério Público do Piauí (MP/PI).

A nova coleta foi realizada em 17 (dezessete) pontos de Teresina, nas regiões Norte, Sul, Leste, Sudeste e Centro, diretamente de pontos de saída do reservatório da Agespisa. Das amostras analisadas, em apenas um ponto, o resultado foi insatisfatório, com a presença de coliformes acima do tolerável.

Os resultados com todas as amostras analisadas estão detalhados em laudos do Laboratório Central do Piauí (LACEN), disponibilizado ao Ministério Público do Piauí.

As coletas foram realizadas em pontos de saída diretos da Agespisa e em pós-reservatórios, sendo que, neste último, a água pode permanecer armazenada por longos períodos sem a devida limpeza e desinfecção do reservatório, podendo, assim, apresentar contaminações, segundo a empresa. Estas coletas nos reservatórios particulares ocorreram porque a estrutura do abastecimento impossibilitou a coleta direto da rede pública.

De acordo com a Agespisa, as análises realizadas para atender a determinação do MP não são suficientes para representar a real situação da qualidade da água consumida pela população de Teresina, já que o número coletado de amostras não é estatisticamente significativo, de acordo com a Portaria/MS Nº 2.914, de 12.12.2011, Art. 41, §1º.

A empresa alerta a população de que os reservatórios comerciais, assim como, residenciais (casas e condomínios) devem ser limpos e desinfetados a cada seis meses, como meio de minimizar os possíveis fatores de riscos que provoquem contaminação da água, conforme instruções do Ministério da Saúde.

Comentários