Política

Deputado Assis Carvalho propõe que municípios e bancada busquem saídas coletivas para a crise

Precisamos procurar saídas coletivas, hoje não temos como ter saídas individuais
Fonte: Ascom Dep. Assis Carvalho | Editor: Da redação 22/11/2017 10:38
Reunião Bancada Federal Reunião Bancada FederalFoto: Ascom

No evento que reuniu deputados e senadores com prefeitos piauienses, o deputado federal Assis Carvalho destacou a importância da união entre prefeitos e parlamentares. “Diante das dificuldades que temos no país, nos estados e nos municípios, não temos outra alternativa a não ser a unidade. Precisamos procurar saídas coletivas, hoje não temos como ter saídas individuais. Também temos unidade na nossa bancada e sempre que recebemos demandas dos municípios, tomamos decisões unidos. Um exemplo é a emenda impositiva de bancada que destinamos para a saúde nos municípios piauienses e pudemos amenizar o sofrimento dessas cidades”, destacou o parlamentar.

Assis Carvalho citou como exemplo a capital do estado, Teresina. “Tivemos a oportunidade de ajudar o Hospital de Urgência de Teresina, por exemplo, e passamos de 87 para 300 leitos no pronto-socorro”, afirmou.

O encontro aconteceu na noite desta terça-feira (21), em Brasília. Durante a reunião, o presidente da APPM (Associação Piauiense de Municípios), Gil Carlos, destacou os assuntos de interesse dos municípios piauienses e tratou do Apoio Financeiro aos Municípios.

Sobre o cenário político-econômico atual, o deputado demonstrou preocupação. “Passamos por uma crise política e econômica muito grande, principalmente depois do golpe de abril de 2016. Hoje, temos um governo que não se preocupa com os pequenos municípios. Temos que atribuir as responsabilidades, não é por acaso que as coisas estão ruins. Por isso, precisamos continuar unidos e procurar saídas a curto, médio e longo prazo”, ressaltou.

Por fim, Assis Carvalho sugeriu propostas benéficas aos municípios. “A curto prazo, temos a ampliação do FPM e os royalties, por exemplo. Já votamos várias vezes essa matéria nesta Casa e ainda não colhemos os frutos. Temos unidade nesta Casa para ajudar os municípios, mas grande parte depende do Executivo. E, hoje, temos um executivo que não olha para os pequenos municípios”.

Comentários