Esportes

Depois de sucessivas falhas jornal não vai mais chamar goleiro de 'Muralha'

Fonte: Folhapress 01/09/2017 14:25
Reprodução ReproduçãoFoto: Muralha - Goleiro do flamengo

Em editorial publicado nesta sexta-feira (1º), o jornal "Extra", do Rio de Janeiro, informou que deixará de chamar o goleiro Alex Muralha, do Flamengo, por seu apelido. De acordo com o periódico, a motivação para a mudança se dá por "precisão jornalística" após as falhas do jogador.

"Provável titular do Flamengo na final da Copa do Brasil, Alex Roberto, o ex-Muralha, mais uma vez desmoralizou o vulgo, levando um frango no jogo contra o Paraná pela Primeira Liga", trouxe o editorial do jornal.

O presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, descartou punição ao veículo em questão, mas não escondeu a revolta e fez duras críticas ao que considerou um desrespeito inadmissível.

"Expresso minha tristeza e revolta. É o sentimento dos atletas e dos funcionários também. Foi um desrespeito ao atleta e ao Flamengo. É inadmissível. Já venho me manifestando há algum tempo no sentido de exigir respeito aos jogadores. Tenho sido até mal interpretado por isso. Nada chega perto do que aconteceu hoje [sexta-feira]. Estamos falando de um ser humano que tem família e foi vítima de uma covardia", afirmou.


Foto: Divulgação/Flamengo

"Em um momento em que todos estão empenhados em acabar com a violência no futebol isso só contribui para incitar ânimos e ações violentas. Se alguma coisa acontecer ao Alex Muralha, espero que os responsáveis se sintam tristes. O que foi feito foi inadmissível. Não posso admitir que o Flamengo seja achincalhado. Não vamos proibir o veículo responsável pela matéria, opiniões técnicas, nada. Todos têm direito de ter uma opinião. Mas a quem serve essa matéria? Desestabilizar o goleiro e o grupo de jogadores às vésperas da final da Copa do Brasil. Mas é na dificuldade que surge uma união maior. Clube, jogadores e torcida", completou

Já o editor de Esportes do "Extra", Marvio dos Anjos, disse que a capa seguiu uma tradição do jornal de lidar com o humor no noticiário. "Temos aqui nas redes sociais um bombardeio, tanto de gente que achou graça como repudiou. Os ânimos rubro-negros muito exaltados. Eu acho o seguinte. O Alex Muralha tem um apelido problemático, ele vai precisar fazer jus toda vez que jogar a esse apelido. Resolvemos fazer uma brincadeira com isso, seguindo a tradição de 19 anos que o "Extra" tem de lidar também com o humor. Isso não é de agora. Às vezes o alvo da piada muda e as pessoas descobrem que o 'Extra' trabalha com humor. Enfim, é uma brincadeira", disse ao "SporTV".

"A gente não propôs um novo apelido, os erros são públicos, transmitidos ao vivo. Os erros acontecem, a única coisa que dissemos é que talvez seja uma boa esse apelido ser retirado porque cria um problema, Se não está à altura do apelido, que não fomos nós que demos, que já tinha quando chegou, talvez seja até um bom momento de discutir. No fim, é só uma brincadeira e o futebol deveria ser levado com um pouco mais de bom humor", completou.

Muralha foi alvo de críticas após eliminação do Flamengo da Primeira Liga. O time carioca empatou por 1 a 1 com o Paraná, nessa quarta-feira (30), pelas quartas de final da competição, e foi superado nos pênaltis.

Notícias publicadas no site do "Extra" nesta sexta já chamam o goleiro de Alex.

Íntegra

"Em nome da precisão jornalística, o leitor do EXTRA não encontrará, a partir de hoje [sexta], a palavra Muralha relacionada ao senhor Alex Roberto Santana Rafael. Provável titular do Flamengo na final da Copa do Brasil, Alex Roberto, o ex-Muralha, mais uma vez desmoralizou o vulgo, levando um frango no jogo contra o Paraná pela Primeira Liga. Além de ter errado 100% dos lados nas cobranças de pênaltis, completando 545 dias sem defender uma penalidade. Também em nome da precisão jornalística, o EXTRA se compromete a rever sua decisão caso Alex Roberto, o ex-Muralha, volte a fazer por merecer."

Comentários