Esportes

Cuca inicia trabalhos com o São Paulo em alta no Paulistão

Com os reforços, que não podem jogar o Campeonato Paulista, Cuca vai tentar dar a sua cara ao time para o restante da temporada
Fonte: Noticias ao minuto | Editor: Redação 01/04/2019 08:47
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativaFoto: Reprodução

O técnico Cuca assumirá o São Paulo nesta terça-feira após a equipe ser comandada por 47 dias pelo interino Vagner Mancini. E ele terá até domingo para preparar os jogadores para o duelo de volta pela semifinal do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, fora de casa - o primeiro confronto no Morumbi terminou em 0 a 0.

"Vou até o fim do campeonato, mas agora em outra função. O que acertamos com Cuca foi cumprido. A única maneira de ele assumir era que alguém fizemos por esse período a parte dele, pois ele estava impedido de assumir em termos médicos. Agora, chega com uma equipe no caminho do que achamos ideal", comentou Mancini.

Cuca vai encontrar um time motivado por ter reagido na temporada após eliminação precoce na fase preliminar da Copa Libertadores para o Talleres, da Argentina. Alguns jogadores mais jovens ganharam a titularidade e tornaram a equipe mais dinâmica. O atacante Alexandre Pato foi contratado e o volante Tchê Tchê está perto de ser anunciado.

Com os reforços, que não podem jogar o Campeonato Paulista, Cuca vai tentar dar a sua cara ao time para o restante da temporada. "Vão haver mudanças quando ele assumir. O São Paulo acertou quando fechou com o Cuca. Estamos numa semifinal em igualdade de condição, ele chega num momento bom, felizmente, e a entrega é natural, foi acordado", disse.

Mancini conta que o jeito de formar a equipe já foi a partir de conversas que teve com o próprio Cuca. E isso vai ajudar na continuidade do trabalho. "Tentamos alinhar o que pensamos para que essa transição fosse feita com inteligência e atingimos isso. O time joga de uma forma muito mais leve e solta, e o Cuca vai pegar o time já mais perto do que ele pensa", afirmou.

Após passar por um momento turbulento na temporada, o São Paulo conseguiu reagir. O técnico André Jardine, que começou 2019 no comando, foi descartado em fevereiro e a diretoria traçou um novo planejamento. Mancini, coordenador no clube, aceitou assumir o time interinamente até passar o bastão para Cuca.

Uma das avaliações feitas foi de que o time precisava de atletas mais dinâmicos e que corressem mais. Foi aí que jovens como os volantes Luan e Liziero, o meia Igor Gomes e o atacante Antony ganharam a titularidade. E o quarteto foi importante nos últimos jogos do Paulistão, ajudando o time a passar pelo Ituano nas quartas de final.

"Em termos técnicos e táticos, a equipe evoluiu muito, mas ainda falta alguma coisa. Falta apertar mais, sair de trás com rapidez, ter um pouco mais de velocidade objetiva. Essa mudança leva tempo, não são em semanas ou um mês que você consegue atingir a plenitude. O São Paulo está em sua segunda metodologia de treinamento no ano e agora vai ter a do Cuca", lembrou Mancini.

Para os jogadores, a chegada de Cuca também será um estímulo para enfrentar o Palmeiras. "Vai ser bom porque o Cuca vai fazer o esquema para vencermos. Ele sabe que vai poder contar com todos os jogadores", completou o lateral-esquerdo Reinaldo, otimista com a presença do treinador.

Comentários