Polícia

Criminosos perseguem e executam suspeitos de assaltos

"Zé do Bode” e Paulo foram perseguidos e executados com vários tiros
Fonte: PM-MA | Editor: Paulo Pincel 27/12/2017 07:00
Zé do Bode morreu dentro do carro Zé do Bode morreu dentro do carroFoto: Divulgação/PM-MA

José Borges da Cunha Silva, 28 anos, vulgo “Zé do Bode”, e outro home identificado apenas como Paulo, foram perseguidos e executados com vários tiros na tarde desta terça-feira (26), no bairro Padre Delfino, na cidade de Timon (MA). Zé do Bode morreu no interior do veículo, um VW Gol vermelho, onde estava com mais dois homens. Paulo foi baleado ainda dentro do Gol. Depois de ferido, correu para se livrar dos tiros e morreu num matagal próximo ao local onde o carrro parou.

Testemunhas contaram aos policiais militares do 11º BPM que dois veículos perseguiam o Gol, onde estava Zé do Bode. A vítima foi fechada próximo da Avenida Tiuba e executada por dois homens.

Os criminosos tentaram fechar o veículo em outro bairro, mas só conseguiram no Avenida TIúba. Zé do Bode já tinha passagem pela polícia por porte ilegal de arma e assaltos.

“Fomos informados sobre um corpo. Quando chegamos no local foi verificado que a vítima era um dos ocupantes do veículo Gol, onde o outro assaltante havia sido assassinado. Na verdade, tinha três homens no carro, não temos informações sobre o terceiro. Ele deve ter conseguido fugir”, disse a capitã, que acrescentou: “O segundo que foi alvejado deve ter sido baleado e conseguiu fugir para o mato, mas ele deve ter sangrado muito e acabou não resistindo aos ferimentos”, explicou a capitã-PM Tyciane Ibiapina, da Polícia Militar de Timon.

Comentários