Economia

CNC: Endividamento das famílias recua 0,5% em outubro

Número de famílias inadimplentes recua, passa de 9,6% para 9,4%. Quadro mostra melhora na relação dos brasileiros com o crédito
Fonte: Portal Brasil 03/11/2016 17:49 - Atualizado em 18/11/2016 07:43
As expectativas de recuperação da economia brasileira têm melhorado As expectativas de recuperação da economia brasileira têm melhoradoFoto: @DR

O endividamento das famílias brasileiras reduziu 0,5%. Dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostram que o total de endividados recuou de 58,2% em setembro para 57,7% em outubro. Há um ano, esse percentual era maior, estava em 62,1%.

A pesquisa traz ainda uma pequena redução na inadimplência entre setembro e outubro, caiu de 9,6% para 9,4%. A proporção das famílias que se declararam muito endividadas também diminuiu de um mês para o outro, passou de 14,4% para 14,2%.

Entre as famílias que ganham até dez salários-mínimos, o percentual daquelas com dívidas foi de 59,2%. Esse número é menor que os 59,9% registrados em setembro e que os 63,8% de outubro do ano passado.

As famílias que se declararam muito endividadas recuou de 14,4% para 14,2%. Ao mesmo tempo, os que declararam não ter dívidas subiu de 41,8% para 42,2%.

Endividamento das famílias

A Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic Nacional) é apurada mensalmente pela CNC desde janeiro de 2010. Os dados são coletados em todas as capitais dos estados e no Distrito Federal, com cerca de 18 mil consumidores.

Comentários

Matérias Relacionadas