Política

Câmara vai debater a PPP da iluminação pública de Teresina

Dudu argumenta que Teresina tem uma iluminação excelente
Fonte: Assessoria parlamentar | Editor: Paulo Pincel 07/08/2018 17:36
Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT) Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT)Foto: Assessoria parlamentar

Na próxima quinta-feira (07/08) está prevista para acontecer na Câmara Municipal de Teresina, a votação da Parceria Público-Privada da Iluminação Pública da capital. No entanto, o vereador Dudu diz ter alguns questionamentos sobre a sua real necessidade e afirma existir outras prioridades que precisam realmente das iniciativas públicas-privadas.Câmara

“Eu sou a favor de parcerias públicas-privadas no momento em que o estado não está tendo capacidade gerencial e de investimentos para melhorar determinado seguimento. Porém, em relação à PPP de iluminação pública, eu tenho questionamentos. Teresina tem uma ótima iluminação além de ser muito rentável, tendo arrecado milhões”, diz Dudu.

O vereador afirma que a iluminação pública da capital não tem grandes problemas e, recentemente, foram feitos grandes investimentos positivos no setor. Para ele, aceitar essa PPP seria entregar um “filé” pra uma instituição privada.

“Para se ter uma ideia, nos últimos anos foram investidos mais de R$ 50 milhões em melhorias, substituindo as lâmpadas de vapor por lâmpadas de led. Nossa capital tem um pátio de iluminação pública relativamente bom. Eu tenho críticas porque eu vejo que estão querendo pegar um filé e entregar para iniciativas privadas”, relatou Dudu.

Por fim, Dudu diz que existem outros seguimentos que necessitam de PPPs e que, por vista dele, a iluminação pública não tem essa prioridade.

“Eu acredito que existem outras PPPs que poderiam ser discutidas como, por exemplo, uma sobre os Centros de Produções de Teresina, que precisam dessas parcerias pois muitos desses centros espalhados por Teresina estão servindo de abrigos para criminalidade, como é o exemplo do Parque Firmino Norte", diz o vereador.

"Também poderia haver uma PPP do Mercado da Piçarra, que é um importante cartão postal, uma referência culinária da nossa cidade, onde estamos almoçando na Dona Paixão, famosa por lá e, na sua frente, tem um urubu olhando pra você. Isso sim é preocupante e não a atual iluminação pública. Por isso afirmo que precisamos saber como vai ser feita essa conta, quais são as contra-partidas sociais, analisar os investimentos e o cronograma desse processo. Um estudo minucioso para que a população possa saber passo a passo dessa decisão”, finalizou Dudu.

Comentários