Política Nacional

Bolsonaro é submetido a nova cirurgia de emergência

Informação foi confirmada pelo presidente do PSL, Gustavo Bebianno
Fonte: Estadão e Noticias ao minuto | Editor: Redação 12/09/2018 23:18
Jair Bolsonaro permanece internado Jair Bolsonaro permanece internadoFoto: Reprodução/pleno.news

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro foi levado ao centro cirúrgico do hospital Hospital Albert Einstein na noite desta quarta-feira. O presidenciável está sendo submetido a uma cirurgia de emergência para correção de aderências entre as alças intestinais.

Segundo o portal UOL, a informação foi confirmada às 22h30 pelo presidente em exercício do PSL, Gustavo Bebianno. Até o momento desta reportagem, o hospital ainda não havia se manifestado sobre o procedimento.

Bolsonaro sofreu uma facada durante um ato de campanha em Juiz de Fora, no Sul de Minas Gerais, na última quinta-feira (6). O presidenciável segue internado na unidade de cuidados semi-intensivos desde terça-feira (11), quando deixou a UTI do hospital.

A íntegra do novo boletim médico:

"O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi readmitido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na madrugada de hoje. Durante o dia de ontem o paciente apresentou distensão abdominal progressiva sugerindo o diagnóstico de obstrução intestinal. Este diagnóstico foi confirmado por tomografia computadorizada realizada durante a tarde.

Com este diagnóstico, o paciente foi levado para a cirurgia de urgência onde foram desfeitas as aderências do intestino e liberado o ponto de obstrução. Além disso, constatou-se um extravasamento de secreção entérica (secreção intestinal) a montante do ponto de obstrução em uma das suturas realizadas anteriormente para correção dos ferimentos intestinais. Em grandes traumas abdominais esta complicação é mais frequente do que em cirurgias programadas.

A limpeza abdominal foi realizada como feito rotineiramente. O procedimento teve duração de duas horas. O paciente evoluiu bem após a cirurgia, sem intercorrências e encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva."

O boletim divulgado sobre a cirurgia:

Boletim médico sobre a cirurgia

Boletim médico sobre a necessidade de nova cirurgia [Foto: Reprodução]

Comentários