Política Nacional

Barroso aceita pedido da PGR e manda soltar aliados de Temer

Prisões temporárias dos alvos da operação terminariam segunda-feira (2)
Fonte: noticias ao minuto | Editor: Da redação 01/04/2018 09:08
Ministro Barroso Ministro BarrosoFoto: © Stringer . / Reuters

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), acolheu pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e revogou na noite deste sábado (31) as prisões de envolvidos na Operação Skala. As informações são do site Metrópoles.

Entre os beneficiados, estão José Yunes, ex-assessor da Presidência; Wagner Rossi (foto), ex-ministro da Agricultura; Antonio Celso Grecco, dono do grupo Rodrimar; João Baptista Lima Filho, coronel da reserva da PM e amigo de Michel Temer; Celina Torrealba, uma das donas do grupo Libra e Milton Hortolan, ex-secretário-executivo do Ministério da Agricultura.

Dodge elaborou o pedido alegando que os objetivos da operação já haviam sido cumpridos. Segundo determinação de Barroso, o prazo das prisões temporárias terminaria na segunda-feira (2).

A operação investiga um suposto esquema de corrupção no setor portuário.

Comentários