Geral

Governo mantém profissionais do Serviço Social na nova estrutura do INSS

A exclusão dos trabalhadores havia sido proposta por técnicos do governo federal
Fonte: Fenasps | Editor: Luiz Brandão 01/10/2017 15:24
Em defesa da nova estrutura do INSS Em defesa da nova estrutura do INSSFoto: Fenasps

Por meio da Portaria n° 414, de 28 de setembro de 2017, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) manteve o Serviço Social na nova estrutura do INSS, após ser excluído do Regimento Interno em uma proposta de documento divulgada nesta matéria.

Tal exclusão revoltou os trabalhadores do INSS, principalmente os assistentes sociais e terapeutas ocupacionais, cujas atividades, fundamentais na concessão de benefícios previdenciários, poderiam ser terceirizadas, segundo a proposta anterior . A pressão dos trabalhadores, por meio de atos, manifestações, abaixo-assinados, reuniões e também pela realização de uma a udiência pública na Câmara dos Deputados, esta por iniciativa da Fenasps , foi determinante para que o Serviço Social se mantivesse no novo Regimento Interno.

Mas, mal foi publicado, o novo Regimento Interno do INSS já possui divergências. Uma comissão está analisando os itens que podem ser problemáticos para os trabalhadores e depois este parecer será divulgado aqui no site da Fenasps.

Comentários