Polícia

Pai e filha são investigados por aplicar golpes em Parnaíba

Os dois teriam pelo menos 10 empresas de fachada para aplicar diversos golpes
Fonte: Polícia Civil | Editor: Alinny Maria 28/03/2018 10:46
Material apreendido Material apreendidoFoto: Divulgação/Polícia Civil

Uma mulher identificada como Karenn Cristina da Silva Martins, foi presa na manhã de hoje (28) acusada de praticar estelionato e fraudes juntamente com seu pai, Cláudio Waquim Martins, em Parnaíba, litoral do Piauí. As investigações apontam que os dois teriam pelo menos 0 empresas de fachada para aplicar diversos golpes em Parnaíba.

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (DEPATRI), com apoio da Delegacia Regional de Parnaíba, deu cumprimento a dois mandados de busca de apreensão domiciliar e um mandado de prisão preventiva contra Karen. O pai de Karen já cometeu vários crimes e é foragido da Justiça.

No momento da prisão de Karenn Cristina, foram apreendidos diversos documentos como cheques, contratos, etc, além de celulares, um cofre e uma automóvel. Os acusados praticavam os mais variados golpes e fraudes. Os serviços oferecidos pelos suspeitos eram de construção de imóveis, corretagem de terrenos e vendas de vários produtos.

A Polícia Civil destaca que as vítimas desses criminosos podem procurar a Delegacia de Crimes contra o Patrimônio – DEPATRI, em Parnaíba, para fazer sua denúncia.

Foragido
Cláudio Waquim Martins, foragido

Comentários