CONCISO

Por Joaquim Lourenço

Sem Noção

Imagem ilustrativa Imagem ilustrativaFoto: Reprodução/Google

Lembro-me de uma frase dita por uma pessoa muito próxima e com alguns significados: “obrigado Senhor por eu ter noção”.

A chamada “noção” refere-se a um poder de visão diferenciado dos demais. Vem a ser não coadunar com o senso comum, ter uma opinião consistente e uma autenticidade bem diferente dos demais. E isso não deixa de ser algo bem positivo, pois o discernimento e bom senso tendem a serem maiores.

Em outras palavras, ter “noção” é possuir um olhar amplo, para o coletivo. É muitas vezes esquecer sua individualidade e procurar fazer algo mais. Aceitar uma condição não muito favorável, mas que trará um bem maior à maioria.

Quando uma empresa é comandada por alguém assim ela prospera. O líder enxerga além e sempre estará preparado para resolver as pendências e problemas surgidos. Ele terá o respeito de seus colaboradores e os mesmos buscarão ajudá-lo como retribuição. Ao final, todos ganham.

Geralmente as famílias melhor estruturadas possuem um chefe assim. Ele (ou ela) buscará conhecimento para lidar com as intempéries advindas pela convivência diária e conflitos normais de todo o conjunto. Ele sempre terá a autoridade e o respeito necessários para que seus membros não se percam em algum acaso.

Na administração pública vem a ser fundamental. Peguemos o cidadão à frente da presidência da república,Michel Temer. Ele já mostrou sua total falta de noção. Entrou pelas portas dos fundos, traindo sua companheira de chapa e juntando-se com todos os políticos sem projeto de nação. Ou seja, esqueceu o significado de democracia.

Suas práticas mostram um total descompasso aos interesses da população e esta sofre com todo esse desmando. A última decorreu de um aumento de imposto que elevará o preço dos combustíveis e, consequentemente, subirá em outros setores. Isso para equilibrar as receitas por ter usado verba pública (segundo denúncias) para deputados votarem a favor dele em investigação.

E ainda teve o disparate em declarar “a população vai entender”. Quem não entende é o senhor, lugar de presidente não é para ratos tão pequenos e sem noção iguais a você.

Comentários

CONCISO

Joaquim Lourenço

Joaquim Lourenço é licenciado em Letras pela Universidade Federal do Piauí e advogado pela FAP Mauricio de Nassau

Sobre o Blog

Uma análise sobre temas variados do cotidiano.

Apoio: