BLOG DO DEUSVAL

Por Deusval Lacerda

É muita desumanidade!

Por Deusval Lacerda de Moraes

Conforme se depreende da mídia civilizada mundial, o Brasil está longe de saber o que é democracia. Ainda convive com o velho costume político de confundir oligarquia com democracia ou também forjar o sistema democrático para camuflar a prática oligárquica.

É neste estágio que atualmente se encontra mergulhado o exercício politico nacional, por estar-se submetido ao golpe parlamentar-constitucional-judicial.

E neste quadro tétrico, os poderes da República se apequenaram ou mais precisamente ficaram manietados pelos mandonistas de plantão.

É o que ocorre com o calvário do ex-presidente Lula no Lawfare que está sendo vítima do Tribunal do Santo Ofício de Curitiba e piorado com o julgamento do TRF-4 do Rio Grande do Sul.

Tanto que o artigo do New York Times, de 23 de janeiro de 2018, assinado por Mark Weisbrot, aponta que a forma partidária como condenaram o Lula (condenação por evidências) e que jamais seria levada a sério num sistema judicial independente, como o dos Estados Unidos, ou seja, lá o presidente Lula sequer poderia ser réu.

Como já se vem esclarecendo desde o começo desse medonho retrocesso institucional brasileiro, a elite e a direita pátrias, além de serem insensíveis às lições democráticas dadas por quem conhece e prática a democracia, ainda, como péssimas alunas, não dão a mínima para aprender.

Dito isto, o que se dessume é que o que fazem no cerceamento do Estado Democrático de Direito do País é com consciência sobre os dividendos político-institucionais que querem alcançar e, no que diz respeito ao Lula, a desumanidade contra ele faz parte das estratégias do golpe.

Comentários