Vacinação Infantil

Vacinação infantil: menino indígena é primeira criança brasileira imunizada contra a Covid

Imunizante da Pfizer, único liberado para crianças, foi aplicado em solenidade em hospital de São Paulo


Criança indígena é a 1ª vacinada contra a COVID-19 no Brasil

Criança indígena é a 1ª vacinada contra a COVID-19 no Brasil Foto: © Folhapress / Renato S. Cerqueira

Um menino com deficiência motora foi a primeira criança na faixa etária de 5 a 11 anos a receber a vacina infantil contra a Covid-19 no Brasil. O indígena Davi Seremramiwe Xavante, de 8 anos, recebeu o imunizante por volta das 12 horas desta sexta-feira (14) durante evento simbólico em São Paulo.

O imunizante da Pfizer recebeu autorização da Agência Nacional de Vigilância de Saúde (Anvisa), em 16 de dezembro, para ser aplicado em crianças de 5 a 11 anos no Brasil. Até o momento, a vacina da farmacêutica norte-americana é a única liberada pela autoridade sanitária para ser aplicada nesta faixa etária.

Em solenidade simbólica, realizada no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), com a presença de profissionais da saúde e o governador de São Paulo, João Doria, mais crianças com comorbidades foram vacinadas contra a Covid-19. A vacinação no estado – para o público de 5 a 11 anos – terá início na segunda-feira (17), onde serão priorizadas crianças com comorbidades ou deficiências. A expectativa do governo paulista é vacinar 4,3 milhões de crianças no período de três semanas.


Teresina abre agendamento para vacinação de crianças contra Covid-19 na segunda-feira (17)

Única cidade do Piauí sem mortes por Covid-19 registra primeiro óbito

Variante Ômicron deixa 10 capitais em alerta crítico e intermediário






Próxima notícia

Dê sua opinião: