CORONAVÍRUS

Piauí tem 51 enfermeiros infectados pelo coronavírus e profissionais fazem protesto

A categoria pede melhores condições de trabalho, EPIs e valorização salarial


Enfermeiros fazem protesto em frente ao HUT

Enfermeiros fazem protesto em frente ao HUT Foto: Sinatepi

O Piauí já tem 51 profissionais da área da enfermagem infectados pelo novo coronavírus. Outros 48 profissionais da área estão afastados com suspeita da doença e quatro estão hospitalizados. Os dados são do Observatório da Enfermagem, desenvolvido pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), atualizados nesta terça-feria (12).

Hoje, dia 12 de maio, comemora-se o Dia Internacional do Enfermeiro. Os profissionais celebram a data com protesto em frente o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e Hospital Universitário da UFPI. A categoria pede melhores condições de trabalho, valorização salarial e cobram equipamentos de proteção individual.

Os enfermeiros, técnicos e auxiliares atribuem a contaminação pelo novo coronavírus à falta de eficiência dos Equipamentos de Proteção Individual. Os enfermeiros também reivindicam o adicional máximo de insalubridade, de 40%, para toda a categoria.

Próxima notícia

Dê sua opinião: