Mutirões de cirurgias já atenderam 2500 pessoas em dois meses

Semanalmente, centenas de pessoas, especialmente os idosos, são submetidos às cirurgias de catarata nos Hospitais da rede estadual.


Mutirão

Mutirão Foto: Albano Amorim

A Secretaria de Estado da Saúde fecha o final de semana(15 e 16) com 2.491 pessoas atendidas na terceira etapa dos Mutirões de Cirurgias Eletivas, iniciada em novembro e que segue até o final de dezembro. A meta é atender mais de três mil pessoas, com cirurgias em diversas especialidades, como pediatria, geral, ginecologia, otorrinolaringologia, vascular, ortopedia, vascular e de oftalmologia.

Semanalmente, centenas de pessoas, especialmente os idosos, são submetidos às cirurgias de catarata nos Hospitais da rede estadual. Os procedimentos continuam a partir de amanhã, 17, em Floriano, numa parceria com a Prefeitura Municipal, serão realizadas mais de 400 consultas oftalmológicas. Com a triagem e de acordo com a necessidade, os pacientes serão submetidos ao procedimento logo na próxima semana, depois do Natal.

“Nossas equipes estão em ritmo acelerado para atender os pacientes eletivos, ao tempo em que também atende os pacientes de urgência. Os centros cirúrgicos funcionam diuturnamente para atender com resulutividade e eficiência cada paciente que dá entrada em nossos hospitais”, afirma Florentino Neto, secretário de Estado da Saúde.

Para o secretário, a meta em atender três mil pessoas será superada, assim como ocorreu nos dois outros mutirões. “Superamos nossas metas, em que mais de cinco mil pessoas foram atendidas. Agora, serão mais de três mil. Mais que números, esses dados mostram o trabalho para zerar a fila por um procedimento, de diminuir o tempo de espera por uma cirurgia. Isso é garantir mais qualidade de vida aos pacientes”, diz.

De acordo ainda com Florentino, os mutirões vêm ocorrendo em mais de dez unidades hospitalares, tanto da capital, como do interior, semanalmente.

Fonte: Sesapi

Próxima notícia

Dê sua opinião: