HGV reduz espera por cirurgia para menos de 30 dias

Classificação de filas e mutirões ajudaram a agilizar procedimentos.


HGV

HGV Foto: Ascom/HGV

Em algumas especialidades onde o paciente não pode esperar, o Hospital Getúlio Vargas (HGV) está conseguindo reduzir o tempo de espera por um procedimento para menos de 30 dias. Como é o caso de Raimunda Alves Linhares da Silva, 61 anos, que  foi internada na quarta-feira (6) para realizar uma cirurgia de retirada do colo do útero.

Ela conta que da consulta no Ambulatório de Ginecologia do HGV para a internação foi rápido.  “Foi muito rápido, até me assustei quando me ligaram para eu internar”, explica Raimunda. Segundo o cirurgião oncológico Herbert Meneses, responsável pela realização do procedimento de Raimunda, os casos especializados e oncológicos não podem esperar e a cirurgia deve ser agilizada o mais breve possível.

A diretora-geral do HGV, Fátima Garcêz, explica que várias medidas foram tomadas para reduzir o tempo de espera por um procedimento no HGV, como a classificação das filas, observando os critérios de urgência e emergência, principalmente, nos casos oncológicos, e a realização de mutirões em algumas especialidades em que as demandas são maiores.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: