PESQUISA

Firmino Filho diz que Teresina atingiu o pico da Covid-19

Os dados da nova pesquisa sorológica aponta o pico da doença


Prefeito Firmino Filho em videoconferência com a imprensa

Prefeito Firmino Filho em videoconferência com a imprensa Foto: Reprodução

O prefeito Firmino Filho (PSDB) convocou a imprensa para uma coletiva online na manhã desta quarta-feira (01) e apresentou os resultados da 11ª etapa da pesquisa sorológica da Covid-19 realizada em Teresina. A pesquisa mostrou pela terceira semana seguida uma tendência de estabilização nos números de casos da doença. Firmino Filho avaliou isso um caminho para a saída do pico da doença.

Apesar dos casos continuarem aumentando, a taxa está cada vez mais baixa. O levantamento mostra que 19,33% da população teresinense já foi infectada pelo novo coronavírus, o que representa uma estimativa de 167.175 contaminados. A taxa de crescimento de contaminados apontada na última pesquisa é de apenas 7%, a menor alta desde o início das pesquisas. Isso significa que Teresina já pode ter alcançado o pico da pandemia.

Entre 8 a 17 de maio, o aumento no número de casos ativos da doença foi de mais de 90%. Já entre os dias 19 e 28 de junho, na última etapa da pesquisa, a taxa de aumento foi de 3%. De acordo com a estimativa da pesquisa, Teresina tem hoje  37 mil pessoas com a infecção ativa no corpo e que são capazes de transmitir a doença.

O maior pico da doença teria ocorrido nos dias 5 e 7 de junho, quando a estimativa era de 41 mil pessoas transmitindo o coronavírus em Teresina. Considerando esse número, a capital tinha 167 mil pessoas com o vírus ou o que já se recuperaram da doença.

A taxa de transmissibilidade também teve redução, ficando próximo ao número recomendado pelo Organização Mundial da Saúde (OMS). Agora, a taxa de transmissão da Covid-19 em Teresina é de 1,03.

Próxima notícia

Dê sua opinião: