TRANSMISSIBILIDADE

Casos positivos de coronavírus crescem 39% em uma semana em Teresina

Caso o número continue a aumentar, o prefeito pode congelar a reabertura das atividades econômicas


Firmino Filho: aumento de casos de Covid-19 em Teresina

Firmino Filho: aumento de casos de Covid-19 em Teresina Foto: Reprodução

O prefeito Firmino Filho (PSDB) apresentou em videoconferência na manhã de hoje (16/07) a 13ª rodada da pesquisa sorológica da Covid-19 realizada pela Prefeitura de Teresina. Os resultados não foram positivos como nas últimas pesquisas e mostram que houve um crescimento de 39% na curva de contágio pelo novo coronavírus. 

Segundo o levantamento, Teresina registrou 217.673 casos positivos de Covid-19, o que representa 25.11%. Isso significa que a subnotificação é 21 vezes maior que os casos oficialmente confirmados, que são 10.185.

Firmino Filho tentou levantou duas hipóteses para explicar o aumento no número de casos da doença. "A primeira é que foi a semana de reabertura que provocou maior circulação do vírus e mais contágios. A segunda hipótese é que a queda das últimas semanas estava equivocada e houve correção", disse o prefeito descontente com o resultado da pesquisa.

O prefeito revelou ainda que a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid chegou  77,27% em Teresina. Ao todo são 352 leitos e 272 estão ocupados. Já a taxa de ocupação dos leitos de UTI não Covid também está em alta, em de 77,27%.

Mesmo com o aumento no número de casos positivados, o prefeito garante que está mantida a segunda fase da retomada econômica. "A primeira fase é a mais light que é a da construção civil, não provocam aglomeração. Os setores mais agitados funcionam em delivery. A segunda etapa inclui concessionárias dos carros, não tem aglomeração. As lojas de autopeças tem aglomeração, mas só em regime de delivery. Vamos continuar observando os dados. Se tivermos dados concretos, podemos retroceder com a reabertura das atividades econômicas", afirmou Firmino.

Próxima notícia

Dê sua opinião: