BENEDITINOS

Vereador condenado por compra de votos tem mandato suspenso pela Justiça

Crime ocorreu em 2014 e vereador já foi condenado e até o momento não foi declarada a perda do mandato


Vereador Cleanto Alves

Vereador Cleanto Alves Foto: Reprodução/Facebook

Cleanto José Alves da Silva (PP), vereador de Beneditinos, teve o mandato suspenso por decisão da juíza Andréa Parente Lobão Veras no último dia 4 de agosto, entretanto, a presidente da Câmara Municipal do município, Erislene Monteiro, não deu cumprimento ao parecer da justiça e Cleanto continua como parlamentar daquela cidade.

Ele foi condenado por corrupção eleitoral ativa (compra de votos) em decisão transitada em julgado. O crime teria ocorrido no dia 5 de outubro de 2014. Segundo o documento expedido pela juíza, "o Supremo Tribunal de Justiça já decidiu que em caso de decisão transitada em julgado de vereador, há perda automática do mandato, devendo a Mesa Diretora declarar a extinção de seu mandato imediatamente após notificada pela Justiça Eleitoral".

Deve assumir o cargo suplente de vereador Adonias Vitorino de Oliveira Neto. À Erislene foi dado prazo de 48h para suspensão do mandato do vereador condenado e nomeação do suplente.

Clique aqui e confira decisão completa

Próxima notícia

Dê sua opinião: