Senadora chama de "espetáculo" a ordem para prender Lula

“O sentimento é de revolta. É um absurdo essa justiça", avaliou Regina Sousa


Senadora Regina Sousa

Senadora Regina Sousa Foto: Senado

A senadora Regina Sousa (PT-PI) avaliou como mais um “espetáculo” patrocinado pelo juiz federal Sérgio Moro, que mandou prender o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva no final da tarde desta quinta-feira (5).  “Se essa justiça brasileira não se posicionar em relação aos outros que estão recheados de prova, ela vai ficar desmoralizada pelo resto da vida”, avaliou

“É mais um espetáculo do Moro. Isso ficou tudo definido ontem. O advogado disse que tinha um prazo protocolar que seria segunda ou terça, aí de repente ele aparece com essa”, lamentou. “O sentimento é de revolta. É um absurdo essa justiça. Não tem uma prova de crime contra o Lula nesse processo. Não tem crime e não tem prova. Isso foi muito bem planejado. Não era só derrubar a Dilma, era podar qualquer possibilidade de volta ao poder da esquerda. Estão conseguindo. Não sei a que custo e até quando”, advertiu a senadora.

Regina Sousa cancelou a agenda de visitas que faria a várias cidades do interior para ir a São Paulo prestar solidariedade ao amigo. “A gente estava marcando conversa ainda para sábado com a presença dele. Eu estava indo para o interior, mas tive que desmarcar e vou para São Paulo amanhã. Não temos condição cumprir agenda aqui”.

Fonte: Assessoria parlamentar

Próxima notícia

Dê sua opinião: