AUDIÊNCIA

Mães de crianças com Dislexia e TDAH recebem apoio de parlamentar

O grupo também quer conscientizar a população sobre uma realidade que atinge 15% da população no Brasil


Audiência

Audiência Foto: Ascom

Um grupo de mães de crianças e adolescentes com transtornos de aprendizagem como Dislexia e TDAH se reuniram com o  Deputado Estadual Franzé Silva (PT) na manhã da última  segunda-feira (16) na Assembleia Legislativa do Estado. O encontro teve a intenção de sensibilizar o parlamentar para abraçar o movimento que surgiu da necessidade de buscar, junto ao poder público e às instituições de ensino do estado, a garantia dos direitos à inclusão escolar dos filhos.

O grupo também quer conscientizar a população sobre uma realidade que atinge 15% da população no Brasil, segundo dados da Associação Brasileira de Dislexia, e é responsável por altos índices de repetência e abandono escolar.

A Psicóloga e Coordenadora do grupo, Kennya Cunha, destaca a importância da iniciativa. “O nosso objetivo principal é dar ciência à população piauiense sobre o que vem a ser os transtornos de leitura escrita, chamados de Dislexia e TDHA. A gente percebe a dificuldade que  profissionais como professores, neurologistas e psicólogos sentem para  lidar melhor com pessoas que possuem esses transtornos”, informa ela.

Kennya relata ainda que o despreparo dos profissionais leva a um atraso ainda maior no processo de leitura e aprendizagem dos filhos. “O que nós temos observado é que, embora em posse dos laudos médicos que apontam a necessidade de acompanhamento especializado, a intervenção é falha e insuficiente, o que gera uma gama de fatores negativos para o desenvolvimento dessas crianças com Dislexia e TDAH. Estou aqui com mães que já vivenciaram algo parecido. A primeira intervenção deve acontecer na escola, seja pública ou particular, mas é necessário ter profissionais capazes de fazer o diagnóstico correto", relatou a coordenadora.

Na busca por uma legislação específica, que garanta o pleno desenvolvimento dos filhos,  as mães procuraram o Deputado Estadual Franzé Silva que já apresentou na Assembleia um projeto de lei que beneficia esse público e tem uma atuação direta na casa legislativa,  voltada para pessoas com deficiência . “Acreditamos que pelo fato do deputado já ter levantado essa bandeira da Dislexia e TDAH, podemos nos unir a ele para buscar sensibilizar mais pessoas para essa causa", explicou.

“Nós temos um projeto de lei que busca reservar carteiras na sala de aula em locais apropriados para crianças e adolescentes com Dislexia e TDHA. Mas é necessário ir além, garantindo a todas as pessoas que convivem com o distúrbio, mais acessibilidade em qualquer fase da vida", ressaltou o parlamentar.

As pessoas que desejam saber mais informações ou ainda colaborar com o grupo de mães, podem entrar em contato através do número: (86) 98100-8088.

Fonte: Ascom Dep. Franzé

Próxima notícia

Dê sua opinião: