Deputados acompanham a situação de vítimas no Parque Rodoviário

Deputados destinarão R$ 300 mil em emendas para atender às vítimas da enxurrada


Deputados Themístocles Filho (MDB) e Teresa Britto (PV)

Deputados Themístocles Filho (MDB) e Teresa Britto (PV) Foto: PAULO PINCEL/PH

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB), propôs hoje (08) a formação de uma comissão parlamentar para acompanhar as ações de atendimento às famílias vítimas de alagamento no Parque Rodoviário, na noite de quinta-feira passada. Uma das ações propostas pelo deputado Gessivaldo Isaías (PRB) será a apresentação por cada parlamentar de uma emenda ao Orçamento do Estado no valor de R$ 10 mil para atender a população. A comissão será formada pelos deputados Evaldo Gomes, do Solidariedade, Teresa Brito (PV), Franzé Silva (PV), Henrique Pires (MDB) e Gessivaldo Isaías.

Outra proposta foi apresentada pelo deputado Francisco Limma (PT) propondo a desapropriação do terreno de 3,5 hectares onde está o Clube da Telepisa e cujo muro abaixo com o acúmulo de água das chuvas. No local devem ser construídas casas para os desabrigados. Ele disse que tem ido ao Parque Rodoviário e espera que isso não fique apenas no ato de solidariedade, mas que sejam geradas ações para ajudar as pessoas.

Marden Menezes (PSDB) disse que o problema do Parque Rodoviário é grave, mas em diversos outros municípios do Estado também existem desabrigados pelas chuvas. Ele anunciou que além dos R$ 10 mil, vai apresentar uma emenda realocando R$ 100 mil para a Prefeitura de Teresina investir em obras de recuperação das ruas nos bairros da capital.

O deputado Oliveira Neto (PPS) disse que esteve no local da tragédia e disse que está à disposição para qualquer ação que possa ser feita para socorrer os alagados. Evaldo Gomes salientou ser importante a comissão e disse que ao visitar o local soube que as crianças tinham perdido até a farda escolar, sendo importante a doação de novos uniformes.

Henrique Pires afirmou que os recursos são importantes, mas é necessário também identificar de quem é a culpa pelo acidente. “Estive desde sexta-feira todos os dias naquele local”, disse. O Coronel Carlos Augusto (PR) parabenizou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar pelo pronto atendimento no local da tragédia e disse que as pessoas não querem somente a presença das autoridades, mas ações concretas sobre o problema.

A deputada Teresa Britto afirmou que visitou as famílias abrigadas no salão paroquial e andou pelas ruas destruídas e lamentou a morte de duas pessoas e diversos animais. Franzé sugeriu que os recursos sejam repassados à Arquidiocese de Teresina, pois a Prefeitura de Teresina e o Governo do Estado têm recursos em seus orçamentos para as ações necessárias.

Dr. Hélio (PR) disse que a Prefeitura de Parnaíba e o Governo do Estado estão agindo integrados no atendimento às vítimas das chuvas naquele município, com Wellington Dias liberando duas mil cestas de alimentos, sendo mil para Parnaíba, 500 para Luiz Correia e 500 para Ilha Grande, onde também há flagelados.

Fonte: Alepi

Próxima notícia

Dê sua opinião: