OPERAÇÃO TOPIQUE

Bloco do PT/PTB/PCdoB no Piauí considera ação da PF desproporcional e pirotécnica

Além da nota conjunta, o PC do B publicou uma individual


Deputada Flora Isabel (PT)

Deputada Flora Isabel (PT) Foto: AsCom Alepi

A bancada de parlamentares do PT, PTB e PC do B no Piauí saiu em defesa do Governo do Estado e da deputada federal Rejane Dias, alvos da Polícia Federal que nesta segunda-feira (27) desencadeou a terceira fase da Operação Topique.

"Esta bancada legislativa não pode e não deve silenciar diante de arbitrariedades ou abusos de poder capitaneados pelo Governo Federal", diz trecho da nota assinada conjuntamente pelo grupo liderado pelo deputado estadual Franzé Silva.

NOTA DE SOLIDARIEDADE

Em virtude dos avanços intransigentes e contínuos sobre a nossa Democracia e do aparelhamento das instituições com vistas a perseguir opositores políticos no nosso país, a Liderança do Bloco PT/PTB/PCdoB na Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, vem prestar solidariedade à deputada federal Rejane Dias, ao governador Wellington Dias, ambos do Partido dos Trabalhadores, e ainda, ao médico Dr. Vinicius Dias, em razão da atuação desproporcional e pirotécnica da Polícia Federal na manhã desta segunda-feira, dia 27 de julho.

Parlamentar, chefe de executivo e o médico que jamais ocupou assento público tiveram as suas residências devassadas, em pleno curso de crise sanitária de extensão inédita na história recente do país, em razão de investigação sobre a qual nunca foi negado acesso a qualquer tipo de informações ou documentos e que remonta ao ano de 2013, período em que a deputada federal Rejane Dias não comandava a pasta. O que evidencia a desproporcionalidade e o claro intuito de confeccionar manchetes em torno da ex-secretária de Educação e da sua família.

Não podemos tolerar que gestores e seus familiares sejam execrados através de operações policiais oportunistas como espetáculo para produzir manchetes de jornais e matérias sensacionalistas.

Esta bancada legislativa não pode e não deve silenciar diante de arbitrariedades ou abusos de poder capitaneados pelo Governo Federal.

Franzé Silva
Deputado Estadual Líder da Bancada PT/PTB/ PCdoB

Além da nota conjunta, o PC do B publicou uma individual.

NOTA

O Governador do Estado do Piauí, Wellington Dias, sua esposa Deputada Rejane Dias e sua família foram surpreendidos, em sua residência hoje pela manhã, por operação da Polícia Federal no âmbito da investigação de ações da Secretaria de Educação do Piauí, denominada Operação Topique.

O PCdoB do Piauí tem plena confiança na forma transparente e no respeito aos princípios da administração pública que sempre nortearam o comportamento público e pessoal do político, do gestor público e do cidadão Wellington Dias e da Deputada Rejane Dias.

Em um momento em que o Governo do Piauí apresenta à população do seu Estado um audacioso Programa de Educação, com os recursos do Fundef, resgatados pelo governo estadual, vemos com estranheza operação policial dessa magnitude.

O PCdoB entende que toda e qualquer investigação deve se pautar pelo respeito à lei, aos direitos humanos e preservação das garantias constitucionais dos princípios do devido processo legal e da presunção de inocência.

Dessa forma, o PCdoB presta sua solidariedade ao Governador Wellington Dias, à Deputada Federal Rejane Dias e à sua família e expressa a sua confiança na condução correta do seu governo ao passo em que acompanha, como toda a sociedade piauiense, o andamento das investigações nos estritos limites da lei.

Teresina, 27 de julho de 2020.


Comitê Estadual do PCdoB – PI

O Solidariedade, partido comandado pelo deputado estadual Evaldo Gomes no Piauí, também emitiu nota de apoio à deputada e ao Governo do Piauí.

Diretório Estadual do Solidariedade do Piauí

O Partido Solidariedade do Piauí se solidariza com o governador do Estado Wellington Dias e família, diante do ocorrido em sua residência, fato que ataca de frente os direitos legais garantidos pela nossa constituição e a privacidade da família. Por esse , vimos a público salientar a importância do respeito a inviolabilidade da privacidade familiar, a preservação das garantias constitucionais e dos princípios do devido processo legal e da presunção da inocência.

Não compactuando com operações midiáticas que possam destoar dos devidos objetivos processuais legais.

O solidariedade do Estado do Piauí reconhece os comportamentos transparentes na gestão de Wellington Dias e segue firme e confiante na boa condução do processo legal, bem como num desfecho justo.

Acreditamos na boa justiça e na seriedade do Governador, ao mesmo tempo que acompanharemos tudo, juntamente com a sociedade piauense, focados no devido cumprimento de nossa carta magna.

Notícias relacionadas

Polícia Federal deflagra 3ª fase da Operação Topique e cumpre mandados na Seduc

Wellington Dias diz que operação da Polícia Federal é "mais um espetáculo"

Operação da PF no Piauí é abuso de autoridade e retaliação de Bolsonaro, diz nota do PT

Ciro Nogueira é o maior beneficiado com a operação da PF de hoje

Tranquila, deputada está à disposição para esclarecimentos sobre Operação da PF

Próxima notícia

Dê sua opinião: