Curso no TJ-PI debate políticas públicas para conflitos de interesse

começou a ser ministrada ontem (22), na sede da Escola Judiciária


Ejud-PI promove curso sobre “Política Pública de Tratamento Adequado de Conflitos de Interesses”

Ejud-PI promove curso sobre “Política Pública de Tratamento Adequado de Conflitos de Interesses” Foto: Assessoria/TJ-PI

Prossegue nesta terça-feira (23), o curso “Política Pública de Tratamento Adequado de Conflitos de Interesses”, promovido pela Escola Judiciária do Estado do Piauí (Ejud-PI). A formação tem por objetivo capacitar magistrados do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí para a adequada execução de práticas adotadas pela Política Judiciária Nacional de tratamento de conflitos. O curso começou a ser ministrado ontem (22), na sede da Escola Judiciária.

Durante o curso, estão sendo debatidos temas relativos aos métodos conciliatórios e de mediação, apresentando seu panorama histórico e legislação, seus benefícios para a resolução de conflitos, bem como, a apresentação das teorias do conflito e suas implicações.

Com carga-horária de 20 horas/aula, a ementa do curso inclui como metodologia a exposição dialogada, tempestade cerebral e simulação de audiências de conciliação. Nas aulas, são utilizados vídeos sobre os referidos temas, com o intuito de incentivar a participação dos magistrados alunos na formação do conhecimento e introduzi-los no assunto.

O ministrante do curso é o desembargador Roberto Portugal Bacellar, do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR), também professor e coordenador de cursos de Formação de Formadores da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira (Enfam), vinculada ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Posse
Durante a abertura do curso, o desembargador Edvaldo Pereira de Moura foi empossado como vice-diretor da Escola Judiciária do Estado do Piauí, para atuar no biênio 2019-2020. O presidente do TJ-PI, desembargador Sebastião Martins, e o diretor-geral da Ejud-PI, desembargador Fernando Lopes, estiveram presentes ao evento.

Fonte: Assessoria/TJ-PI

Próxima notícia

Dê sua opinião: